A história se repetiu no Craven Cottage

 

O técnico mudou, alguns jogadores também, mas a sorte parece não estar querendo ajudar o Fulham após oito rodadas na Championship. Sob o comando do interino Kit Symons, o time teve algumas boas novidades, até criou chances, mas o Blackburn contou com a imprudência de Shaun Hutchinson, com a qualidade de um atacante já especulado nos Cottagers e saiu de Londres com vitória de 1 a 0. Resultado que deixou os Whites ainda mais isolados na lanterna.

As duas principais alterações de Symons no time titular foram as entradas do goleiro Marcus Bettinelli, deixando o veterano Gabor Kiraly no banco, e do meia Bryan Ruiz, relacionado pela primeira vez na temporada.

Kit Symons
O primeiro tempo, porém, se arrastou. O goleiro Steele, substituto de Paul Robinson nos Rovers, manteve uma firme atuação e pouco foi ameaçado. Por sua vez, o time visitante teve algumas boas chances, mas nada também que forçasse muito Bettinelli. Até que, aos 44 minutos, o lance que ajudou a definir o confronto. Hutchinson acertou Williamson sem bola e levou cartão vermelho direto. O adversário saiu de maca e o Fulham acumulou sua segunda expulsão nas últimas três partidas.

Pra etapa final, a solução foi deslocar Fernando Amorebieta pra zaga e Kostas Stafylidis pra lateral-esquerda. Mais recuado, os mandantes foram, aos poucos, encurralados. E punidos com o gol aos 13 minutos: após bate-rebate, a bola tocou em Scott Parker e sobrou limpa pra Jordan Rhodes, que mandou pro gol. Rhodes chegou a estar nos planos do Fulham há alguns meses, mas o negócio não andou.

McCormack (D) não passou por Steele
O segundo gol por pouco não saiu dez minutos mais tarde, quando Dan Burn salvou nova finalização de Rhodes, que havia passado por Bettinelli. Já sem Ruiz, substituído por George Williams, os Whites aos poucos foram criando chances. Numa delas, Williams cruzou e Hoogland mandou rente à trave. Em outra, Hugo Rodallega bateu cruzado e Steele pegou firme. O time tentou, mas, pela sétima vez, saiu de campo derrotado.

Com o empate do Blackpool, a equipe de Symons agora é a lanterna isolada da competição, com um ponto. Mesmo se vencer o Birmingham, no estádio St. Andrews, no próximo sábado, o Fulham irá seguir entre os rebaixados.

Fulham: Bettinelli; Hoogland, Hutchinson, Burn e Amorebieta; Parker, Christensen, Stafylidis (Roberts) e Ruiz (G. Williams); McCormack e Rodallega.
Blackburn: Steele; Baptiste, Hanley, Duffy e Olsson; Williamson (Conway), Evans, Marshall e Cairney (Taylor); Gestede e Rhodes (Varney).



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário