Internacionais Cottagers: fim da linha para Roberts


Acabou o sonho da Inglaterra sub-19 de participar da Eurocopa da categoria. A equipe perdeu para a França por 2 a 1, em confronto direto pela vaga, e a decepção foi grande para nosso jovem atacante Patrick Roberts. Foi do cottager (foto acima) o gol de honra dos Young Lions, já na segunda metade da etapa final. Mesmo com a pressão, os ingleses não buscaram o empate, que lhes bastava para obter a vaga.

A França garantiu presença no torneio a ser disputada na Grécia, no meio do ano. Os franceses chegaram a convocar Moussa Dembele para os jogos deste fim de mês, mas uma lesão impediu o atacante do Fulham de estar em campo.

Além de Roberts, outros dois cottagers falharam na missão de chegar à fase final com suas seleções. A Irlanda, de Noe Baba, e a Eslováquia, de Marek Rodák, empataram por 2 a 2 e morreram abraçadas no grupo que classificou a Alemanha.

Em amistoso sub-21, dois atletas do clube não entraram em campo no início da semana: Marcus Bettinelli e Cauley Woodrow. Foi na vitória da Inglaterra sobre a Alemanha por 3 a 2, em amistoso sub-21 disputado na última segunda-feira. Ambos assistiram ao jogo no banco de reservas.

Também no sub-21, iniciando a disputa das eliminatórias rumo ao torneio que acontecerá em 2017, Gales bateu a Bulgária por 2 a 1, e contou com Jordan Evans como titular. A partida foi válida pela primeira rodada da chave 5.

No sub-23, a Austrália, poupando vários titulares, goleou Mianmar por 5 a 1 e garantiu presença na Copa da Ásia da categoria, no começo do ano que vem, no Catar. Os Young Socceroos terminaram no primeiro lugar de seu grupo nas eliminatórias, com três vitórias de goleada em três jogos. Contra Mianmar, Adam Taggart, Ryan Williams e Cameron Burgess não entraram em campo.

Ruiz (10) foi titular pelos Ticos
Em amistosos pelas Américas, resultados diferentes para os jogadores do Fulham. Fernando Amorebieta, emprestado ao Middlesbrough, foi titular na vitória da Venezuela sobre o Peru (1 a 0). Já Bryan Ruiz também atuou 90 minutos, mas não impediu a derrota da Costa Rica para o Panamá (2 a 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário