Sub-18: em jogo disputado, Fulham perde e fica com o vice


Na última segunda-feira (5), os garotos do sub-18 do Fulham foram ao Stamford Bridge para disputar o SW6 Derby que valia o título da FA Cup da categoria. E mesmo tendo vencido o primeiro jogo por 3 a 2 em Craven Cottage, os Whites não conseguiram segurar a vantagem, perderam por 5 a 3 em jogo muito disputado e emocionante, e terminaram como vice-campeões do torneio.

Dembele marca o primeiro gol de cabeça
Mesmo com o bom resultado na primeira partida, o jovens Cottagers começaram muito bem a partida e demonstraram que não queriam apenas segurar a vantagem. Prova disso é que logo aos quatro minutos de jogo, Dean O' Halloran fez belo cruzamento para a cabeçada de Moussa Dembele: 1 a 0 para o Fulham.

A liderança no placar durou até os 22 minutos, quando o atacante do Chelsea Charly Mussonda recebeu lançamento pela direita e, em velocidade driblou dois defensores, tabelou com Charlie Colkett na área e foi parado somente com falta. Pênalti, que foi convertido por Colkett para dar igualdade no placar. Dois minutos mais tarde, o Chelsea conseguiu a virada, com Jordan Houghton, que após boa triangulação do ataque dos blues, acertou um belo chute de fora da área para bater o goleiro Marek Rodak.

Roberts chuta forte para empatar a partida
As plastic flags (bandeiras de plástico com o símbolo do Chelsea usadas pelo torcedores nos jogos) ainda tremulavam quando, aos 26 minutos, Emerson Hyndman deu belo passe por cobertura no lado direito da área para a rápida infiltração do meia cottager Patrick Roberts. Ele apareceu pra fuzilar as redes azuis e dar nova igualdade ao placar.

O primeiro tempo já se encaminhava para o fim até que, aos 38 minutos, Salomon Sambou recebeu bom passe de Roberts e, livre de marcação, chutou forte de longe da área pra realizar nova virada no placar. Fulham 3 a 2.


Sambou (E) chuta forte para fazer 3 a 2 para o Fulham
Na segunda metade do jogo, como era de se esperar, o time da casa dominou a posse de bola, e conseguiu alguns lances de perigo com Colkett e com Isak Ssewankambo, que havia entrado no intervalo. Já o Fulham apostava nos contra-ataques em velocidade para tentar definir a final. Porém, ambas as equipes não tinham êxito.

Jogadores do Chelsea comemoram gol de empate
Tudo mudou a 13 minutos do fim de partida. Isaiah Brown, que também havia saído banco de reservas do Chelsea, deu passe para Ssewankambo, que puxou para a perna direita e, de fora da área, chutou forte para empatar novamente a partida e colocar 3 a 3 no placar. O gol inflamou os blues, que foram pra cima a fim de igualar o placar agregado, e conseguiram com o cruzamento de Colkett na cabeça de Dominic Solake para fazer 4 a 3. 

O resultado encaminhava a decisão para a prorrogação. O meia Roberts teve ótima chance de empatar a partida, porém acertou a bola na trave e na sobra Dembele não conseguiu empurrar para as redes. E a máxima do futebol de quem não faz leva foi dura com os cottagers. Aos 46 minutos do segundo tempo, Colkett recebeu passe na marca do pênalti, puxou a marcação de tres defensores cottagers e de calcanhar tocou para Solake livre, que dominou a bola e a mandou no ângulo, sem chances para o goleiro Rodak.

Solake marca o gol decisivo

Explosão dos jogadores, comissão técnica e torcida do Chelsea, que com o placar se consagraram campeões, e muita tristeza pelo lado do Fulham. 
Jogadores recomeçam o jogo abatidos depois de levar o gol
Apesar da derrota de forma tão dolorida, a equipe é de dar orgulho aos torcedores. Durante o torneio, os cottagers eliminaram times como Manchester City e Tottenham, além de terem vencido a primeira partida da final. Alguns jogadores desta equipe já foram utilizados no time principal, como George Williams, Patrick Roberts e Moussa Dembele. A tendência, agora com a queda à Championship, é que alguns desses jovens, e também a equipe sub-21, que acabou na honrosa 5ª colocação na Premier League da categoria, sejam mais utilizados na equipe principal.

 Confiram os gols da final: