Repercussões: Dnipro 1-0 Fulham

Foto: fulhamfc.com
Já sabemos que na ultima quinta-feira, o Fulham foi à Ucrânia perdeu para o Dnipro pelo placar de 1 a 0 e mesmo com a derrota, obteve a classificação para a fase de grupos da UEFA Europa League. Agora é hora de vermos como foram as repercussões do jogo na imprensa e em Craven Cottage.

A mídia inglesa destacou a postura defensiva do Fulham, que criou poucas chances no ataque, e também os desfalques de Bobby Zamora e Simon Davies (ambos lesionados) não jogaram. Houve também algum destaque para a lesão de John Arne Riise, que teve de ser substituído por Briggs aos 22 minutos de jogo.

Na tradicional entrevista coletiva após o jogo, o técnico Martin Jol falou ao site oficial do Fulham sobre o resultado e a classificação.

"Este era o objetivo e foi fantástico que nós fomos capazes de conseguir algo", explicou."Queríamos atingir a fase de grupos e foi isso que fizemos."

"Você tem que manter a posse da bola e mostrar a todos que você vem aqui para o resultado. Eu sei que se você tem uma vantagem de três a zero e marcar um gol, acabou, mas não conseguimos fazer isso de modo que tivemos para contê-los e lutar pelo resultado."

"Nós não poderíamos fazer muita coisa na frente hoje, não tínhamos um monte de opções no banco. Normalmente você poderia dar um descanso para o Duff, tirar Dempsey mais cedo, mas Riise se lesionou de modo que não ajudou. Mas no geral, por agora, acho que foi um resultado que queríamos. "

Enquanto o Fulham teve um bom desempenho na defesa - segurando os ataques do DniproJol gostaria de ter visto um gol fora de casa, para tirar a tensão de jogar fora de casa
.


"É por isso que você tem que marcar um gol assim", disse ele."É claro que não foi fácil para Andy Johnson na frente - foi provavelmente a primeira vez que ele e Dembele jogaram juntosMas eu estava feliz com o meio-campo e com os quatro da defesa, eles tiveram que se antecipar o tempo todo, porque o camisa 8 (Giuliano) e o 10 (Konoplyanka) do Dnipro foram jogadores fantásticosNão foi fácil, mas no final a classificação foi merecida."


Apesar da derrota e da lesão de J.A Riise, o Fulham está classificado para a fase de grupos. O sorteio deu um grupo relativamente tranquilo para o Fulham, que está no Grupo K, juntamente com Twente, Odense e Wisla Cracóvia. Martin Jol falou também sobre o grupo do Fulham.

"É obviamente um grupo difícil", disse Jol fulhamfc.com."Estávamos no pote dois, assim não estávamos no grupo dos times mais fortes, mas eu acho que os outros times do nosso grupo vão reconhecer-nos como uma equipe forte. Eu sinto que é um grupo difícil para todas as equipes envolvidas."

"Somos um time da Premier League e nós temos a qualidade para torná-lo difícil para todas as equipes do nosso grupo.

"É sobre o quão forte você pode ser como uma equipe na quinta-feira e se nós temos um time mais forte, eu acho que nós temos uma boa chance de passar para a próxima fase."

"Claro que você sempre precisa de um pouco de sorte, como fizemos quando chegamos à final em 2010. Ela elevou o perfil do clube e dos jogadores, por isso é uma competição importante 
para nós."
 COME ON YOU WHITES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário