Em jogo ruim, o empate prevaleceu


Passado o período de pausa da data Fifa, a única mudança no Fulham realmente foi o fato de Kit Symons não estar mais à beira do gramado passando instruções. Em uma partida fraca de ambos os times, o empate em 1 a 1 com o MK Dons, em Milton Keynes, acabou sendo o placar mais justo. Os gols saíram ainda no primeiro tempo, com Dean Bowditch abrindo o placar para os donos da casa e Moussa Dembele garantindo ao menos um ponto para os Whites. Mas o mesmo Dembele poderia ter mudado o rumo dessa partida, como veremos logo mais.

Peter Grant surpreendeu ao liberar a escalação do Fulham para essa partida. Após um período sem participar de partidas pelo time principal, Sean Kavanagh foi escalado para começar entre os titulares, atuando no meio-campo. Foi a primeira partida oficial do irlandês na temporada. Aos nove minutos, a primeira grande chegada com perigo do jogo foi do MK Dons. Bowditch passou por Jamier O’Hara, levou a bola para o meio e de fora da área mandou um lindo chute, mas o goleiro Joe Lewis fez ótima defesa e jogou para escanteio.

Kavanagh fez sua primeira partida na Championship
Aos 22, o lance que citamos anteriormente e que poderia ter feito o jogo tomar outros rumos. Ross McCormack tabelou com Tom Cairney e cruzou na medida para Dembele que, sozinho, só teve o trabalho de... Chutar por cima. O próprio francês ficou estirado no chão após o lance, sem acreditar no gol que havia perdido. E o castigo não poderia ter vindo de forma pior: Bowditch recebeu na risca da entrada da área, dominou e chutou. A bola bateu na trave esquerda e entrou, sem chances para Lewis.

Mas os Whites ainda conseguiram empatar o jogo antes das duas equipes descerem para o intervalo. Kavanagh chutou, a bola bateu em Cairney e sobrou para McCormack, que novamente encontrou Dembele dentro da área, e dessa vez ele não perdeu. O gol acabou enchendo de esperança os 3.371 torcedores Cottagers que compareceram ao estádio.

Dembele poderia ter dado a vitória, mas foi o responsável pelo empate
No segundo tempo, praticamente nada aconteceu, sendo que a melhor chance de gol foi do Fulham, já nos minutos derradeiros de jogo. Cruzamento da esquerda, a zaga não conseguiu cortar, Cairney ajeitou para McCormack e este chegou chutando, mas o defensor acabou tirando a bola em cima da linha.

Com 21 pontos e na 12ª posição, a zona de classificação aos playoffs encontra-se a sete pontos de distância, portanto, se o clube ainda almeja alguma coisa nessa Championship, o anúncio do novo técnico precisa ser feito logo. Enquanto a nós, torcedores, só resta acompanhar o time em mais uma péssima temporada, onde o pesadelo parece não estar próximo de acabar.

MK DonsMartin; Spence, McFadzean, Kay, Lewington; Potter, Poyet; Carruthers (Baker), Bowditch (Hall), Josh Murphy; Maynard (Church).

Fulham: Lewis; Fredericks (Voser), Stearman, Burn, Garbutt; O'Hara; Tunnicliffe (Mattila), Kavanagh; Cairney; McCormack, Dembele.


 
Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário