Outra derrota e o perigo à vista


Depois de um período relativamente confortável na tabela em termos de rebaixamento, o Fulham parece estar afim de um fim de temporada mais agitado. O time chegou ao quinto jogo sem vitória, levou uma virada de 3 a 1 para o Bolton, adversário direto na ponta de baixo da tabela, e agora tem apenas cinco pontos acima da zona de queda para a League One.

Com Scott Parker ainda descontado, o tradicional capitão começou o jogo no banco, com Seko Fofana e Lasse Christensen formando a dupla de volantes. Na verdade, a única ausência foi Jazz Richards, que não figurou entre os reservas devido a uma pancada sofrida contra o Birmingham.

Alegria de Hutchinson: o único ponto bom do jogo para o Fulham
Os londrinos começaram bem o jogo, mantendo a bola na frente e levando perigo ao goleiro Lonergan. Merecidamente, o primeiro gol não tardou a vir. Aos 21 minutos, após escanteio, Christensen entregou para Alex Kacaniklic, que mandou para Shaun Hutchinson. O zagueiro, que estava perto da área devido ao ataque anterior, mostrou categoria para marcar 1 a 0.

Pouco depois, quase pintou o empate, mas Marcus Bettinelli impediu o gol do veterano Gudkohnson após um erro de Ryan Tunnicliffe. Porém, aos 44, no que era, talvez, o último ataque da primeira etapa, o Bolton empatou: Janko deu bom passe para Gudjohnson, que enganou a marcação de Hutchinson e bateu forte, sem chances para o goleiro dos Whites, 1 a 1.

Os primeiros dez minutos do segundo tempo foram de pavor para a defesa visitante. O Fulham parecia perdido em campo e, por três vezes, livrou-se com mais sorte do que juízo de levar o segundo gol. Depois, em uma cabeçada de Wheater, Bettinelli fez milagre - o que aconteceu de novo mais tarde, numa tentativa de Janko.

Le Fondre (9) fechou a conta no finzinho
O mesmo Janko que, aos 35, começou a definir a ruína dos comandados de Kit Symons. O suíço finalizou uma jogada com um chutaço da entrada da área, livre de marcação, a 22 metros do gol, 2 a 1. Faltando um minuto para o fim do tempo regulamentar, Bettinelli falhou pela segunda vez em três jogos. Ele errou ao afastar a bola fora da área e entregou nos pés de Le Fondre, que finalizou pras redes e encerrou o escore em 3 a 1.

Em uma perigosa 18ª posição, com 35 pontos, os Whites viram o Millwall, o primeiro rebaixado hoje, chegar a 30, mesma pontuação do Brighton, que hoje figura fora do Z3. No próximo sábado, tentando sair da crise, o adversário promete ser duro: o quarto colocado Ipswich, no Craven Cottage.

Bolton: Lonergan; Janko (Hall), Wheater, Dervite e Ream; Bannan (Twardzik), Danns, Vela e Feeney; Gudjohnsen (Clough) e Le Fondre.
Fulham: Bettinelli; Grimmer, Bodurov, Hutchinson e Stafylidis; Fofana (Parker), Christensen, Tunnicliffe e Kacaniklic (Williams); Rodallega (Woodrow) e McCormack.

Fotos: Fulham FC


Nenhum comentário:

Postar um comentário