Fulham sofre a 14ª derrota em 28 jogos


A boa fase recente do Fulham acabou no local onde não vence há dez anos. O time de Kit Symons praticamente confirmou sua situação de meio de tabela até o fim da temporada com a derrota de 2 a 1 para o Blackburn, pela 28ª rodada da Championship. Agora, os Whites estão de volta ao 15º lugar, com os mesmos 34 pontos, sete acima da zona de rebaixamento e 13 atrás da zona de playoffs de acesso.

A escalação apresentou novidades. Uma delas foi a ausência de Bryan Ruiz, que deve fechar contrato de empréstimo até o fim da temporada com o Levante, da Espanha. Por outro lado, o lateral-direito Jazz Richards fez sua estreia, enquanto Ross McCormack foi novamente escalado como meia, recuado atrás de Hugo Rodallega e Cauley Woodrow.

Como todas as vezes em que a equipe foi escalada assim, não deu certo. Aos nove, porém, quase o Fulham marcou: McCormack achou Richards desmarcado, e o lateral chutou para ótima defesa do goleiro Steele. O time visitante pagou o preço pelo erro: os Rovers abriram o placar três minutos mais tarde. Murray recebeu, ganhou de Nikolay Bodurov na dividida e tocou na saída de Marcus Bettinelli, 1 a 0.

Dupla de zaga do Fulham com Bodurov (E) e Hutchinson (D) foi mal
A ineficiência ofensiva do Fulham, mesmo com três homens de frente, ficou perceptível quando Woodrow recebeu ótima bola, na entrada da área, perdeu a passada e chutou torto, para fora. Os Cottagers, porém, quase levaram o segundo, quando Conway bateu cruzado e acertou a trave.

No segundo tempo, nenhuma mexida nos times e os comandados de Symons continuaram bastante vulneráveis atrás e deficientes na frente. Assim, veio, enfim, o 2 a 0: aos 16, Rhodes subiu antes de Shaun Hutchinson e, após cruzamento da esquerda de Olsson, ampliou a contagem.

Gol de McCormack não impediu derrota
Logo após Woodrow acertar o travessão, parecia que o dia terminaria sem gols para os londrinos. Aí surgiu McCormack: o escocês completou cruzamento de Lasse Christensen e, sem problemas, descontou. Symons tentou adiantar o time, com Alex Kacaniklic, Moussa Dembele e Seko Fofana, mas foram os Rovers quem ameaçaram, sem, contudo, ter pontaria. Ao final, o placar de 2 a 1 se manteve.

Foi a 14ª derrota dos Cottagers em 28 jogos (ou seja, o time perdeu metade das partidas disputadas). Se serve de consolação, e provavelmente não serve, ao menos o Fulham não tem mais a pior defesa da liga: são 49 gols sofridos, contra 50 do lanterna Blackpool. Na próxima terça, o time recebe o Sunderland, no replay da 4ª fase da Copa da Inglaterra. Pela Champ, o próximo desafio é no sábado, também em casa, ante o Birmingham.

Blackburn: Steele; Lowe, Hanley, Kilgallon e Olsson; Evans, Spearing (Cairney), Marshall (Taylor) e Conway; Brown e Rhodes.
Fulham: Bettinelli; Richards, Bodurov, Hutchinson e Stafylidis; Parker (Fofana), Christensen, Tunnicliffe e McCormack; Rodallega (Kacaniklic) e Woodrow (Dembele).



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário