Repercussões: Sunderland 0-0 Fulham


Conforme vimos no post anterior, o Fulham não passou de um empate sem gols diante do Sunderland, forçando mais um replay na FA Cup. Agora é a hora de vermos como foram as repercussões do jogo, na opinião do técnico Kit Symons.

Na tradicional entrevista coletiva após o jogo, nosso manager se mostrou satisfeito com o resultado, mas admitiu que o time poderia ter jogado um pouco melhor.

"Eu acho que há um pouco de satisfação com o empate, mas também um pouco de frustração realmente", contou Symons. "Antes do jogo eu imaginava que poderíamos ganhar, quando ainda estava 11 contra 11 eu ainda Imaginava ganharmos o jogo".

"E, depois da expulsão, não há oportunidade melhor para vencer um time de Premier League jogando fora de casa do que nesta situação, mas vamos jogar em Craven Cottage e eu estou confiante nesse momento".

"No vestiário dissemos que nós temos que passar a bola mais rápido, fazê-los correr e, em seguida, trabalhar a abertura do placar, e nós realmente não fizemos isso bem o suficiente".

"Nossa qualidade no último passe foi muito bom nas últimas semanas, mas não foi completamente boa hoje. Tivemos algumas oportunidades, algumas aberturas na defesa adversária, mas a nossa qualidade não foi tão boa como tem sido recentemente, de modo que foi um pouco decepcionante".

"Mas enfrentar um time da Premier League e jogar como fizemos hoje, eu acho que nós deveríamos estar muito orgulhosos. No entanto, eu estou um pouco decepcionado, mas no geral estou muito orgulhoso dos meus jogadores. Eles trouxeram a verdadeira mudança para o clube".

No calor do jogo, Hugo Rodallega quase fez o gol que daria a vitória aos whites, com uma grande chance que bateu na trave. Symons declarou: "Essa foi uma grande oportunidade de Hugo e tivemos muito azar, mas (a decepção) era mais pela nossa vantagem numérica durante um bom pedaço do jogo - Imaginei que nós poderíamos fazer mais do que isso".

O Sunderland também teve suas chances de vencer, especialmente quando Jermain Defoe entrou no segundo tempo, mas o atacante inglês - entre outros - foi parado por uma excelente atuação do goleiro Marcus Bettinelli.

"É um engraçado como Betts está agora, porque eu esperava que ele fosse fazer isso semana sim, semana não, mas ele tem sido de enorme ajuda para nós, ele tem sido muito, muito bom", admitiu o treinador.

O técnico explicou ainda a opção por começar com Ross McCormack no banco, após o escocês anotar um hat-trick na semana anterior. "Ross tem um pequeno problema no tendão de Aquiles e só fazia sentido descansar ele hoje, e eu esperava que ele pudesse entar durante o jogo e fazer o que ele fez".

"Cauley (Woodrow) e Moussa (Dembele) colocaram uma mudança na frente, trabalharam muito, em um jogo muito difícil, e causaram problemas para a defesa adversária. Então eu que esperava que Ross, Hugo e Kacaniklic poderiam entrar e ganhar o jogo para nós".

O Fulham agora vai receber o Sunderland em Craven Cottage, no dia 3 de fevereiro (terça-feira) no replay, e Symons tem fé em seus jogadores para avançar à quinta fase da FA Cup.

"Eu estava confiante antes do jogo e eu estou igualmente, senão estou mais confiante agora", disse ele. "Mas também eles são adversários de alto nível, eles têm alguns jogadores excelentes e eu acho que eles mostraram isso quando estiveram com um jogador a menos"

Opinião do blog: o replay da FA Cup é algo totalmente desfavorável ao calendário do Fulham, pois a alta carga de jogos poderá prejudicar o físico do time. Só esperamos que o jogo em Craven Cottage não tenha tantas emoções quanto foi com o Wolves. O próximo desafio do Fulham é contra o tradicional Blackburn Rovers, sábado, no estádio Ewood Park.

COME ON YOU WHITES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário