Hat-trick salvador e três pontos garantidos


Quem assistiu ao jogo entre Fulham e Nottingham nos primeiros 35 minutos viu um show Cottager, um hat-trick de Ross McCormack (que tem dez gols na temporada) e uma possibilidade real de goleada por parte dos londrinos. Quem assistiu apenas o segundo tempo e, em especial, os minutos finais, viu um time desesperado pelo apito final do árbitro e segurando, como podia, um apertado 3 a 2. Assim foi o jogo entre os dois times nesta quarta, pela 27ª rodada da Championship, que rendeu ao Fulham sua segunda vitória seguida e a subida ao 14º posto.

A escalação de Kit Symons foi a mesma que iniciou o jogo contra o Reading, com dois volantes - Scott Parker e Seko Fofana - e dois meias - Ryan Tunnicliffe e Alex Kacaniklic. Bryan Ruiz, que vivia a expectativa de voltar aos titulares, ficou de novo no banco e entrou na etapa final.

O primeiro tempo foi praticamente perfeito para os donos da casa. Logo aos sete minutos, Fofana tocou para Hugo Rodallega, que ajeitou para McCormack chegar batendo de canhota e marcar o primeiro da noite. Não demorou para vir o segundo: aos 18, novamente Rodallega deu passe, novamente McCormack concluiu, dessa vez com o pé bom, o direito, e contou com a bola tocando em ambas as traves antes de passar a linha fatal, 2 a 0.

McCormack teve sua melhor atuação pelos Cottagers
Na marca de meia hora, quase veio o terceiro, mas a finalização de Fofana após cruzamento de Kacaniklic foi espetacularmente defendida pelo goleiro De Vries. Não fez diferença, porém. Aos 35, McCormack pegou o rebote da zaga rival, ajeitou, chutou, a bola desviou e encobriu o arqueiro dos visitantes. Era o hat-trick do camisa 44.

A atuação era tão fantástica que a torcida fez pouco caso do gol de honra do Forest, marcado já nos acréscimos do primeiro tempo. Lansbury cobrou falta com categoria e diminuiu o placar para 3 a 1.

Porém, o gol reanimou o time vermelho para a etapa final. Tanto que o segundo gol quase veio nos primeiros minutos, mas Kostas Stafylidis conseguiu cortar quase em cima da linha uma conclusão de Hobbs. Porém, aos 17 minutos, veio o segundo gol do Nottingham: após passe de Assombalonge, Lansbury concluiu de primeira e deu ainda mais fôlego aos Reds no jogo.
Ross foi o dono da bola no Craven Cottage
O time de Stuart Pearce foi com tudo para cima em busca da igualdade, mas falhou na pontaria. Porém, aos 40, a equipe teve sua grande chance de empate, quando Tesche cabeceou e Marcus Bettinelli fez linda defesa. Nos acréscimos, ainda houve tempo de um gol anulado dos londrinos, com Cauley Woodrow empurrando para as redes em posição irregular. No fim, festa e alívio para os fãs Cottagers com a segunda vitória consecutiva em casa.

Os comandados de Kit Symons se afastaram ainda mais dos três últimos colocados, agora com 34 pontos - 11 acima do Millwall, 22º na tabela. Para os playoffs de acesso, a distância também é grande: dez pontos.  Agora a Champ dá um tempo e os Whites focam na Copa da Inglaterra. No sábado, o adversário será o Sunderland, no Stadium of Light.

Fulham: Bettinelli; Grimmer, Bodurov, Hutchinson e Stafylidis; Parker (Ruiz), Fofana, Tunnicliffe e Kacaniklic; Rodallega (Woodrow) e McCormack.
Nottingham: De Vries; Kane, Hobbs, Wilson e Lichaj (McLaughlin); Gardner, Lansbury, Osborn e Antonio; Tesche e Assombalonga.

Fotos: Fulham FC


Nenhum comentário:

Postar um comentário