Matt Smith: Reforço solitário no fim da janela




Depois de gastar pouco mais de 12 milhões de libras em Kostas Mitroglou na janela de transferências do fim de janeiro, o mercado do início de 2014/15 para o Fulham foi bem mais modesto. Apenas 500 mil libras foram gastas para trazer justamente outro atacante, o inglês Matt Smith, do Leeds.

Smith, 25 anos, fez boa parceria com Ross McCormack no Leeds temporada passada. Juntos marcaram incríveis 40 gols na última Championship. A expectativa é que isso se repita em Craven Cottage agora. Confira abaixo um jogo da temporada anterior em que McCormack e Smith (duas vezes) deixaram sua marca:


O atacante começou a carreira no New Mills, clube amador de Derbyshire. Contando clubes estritamente profissionais, jogou ainda em Oldham e Macclesfield. Nos Cottagers, usará a camisa 9.

Falando de outro jogador de frente, Hugo Rodallega confirmou, via seu perfil no Twitter, que vai seguir no Fulham após recusar algumas propostas neste dia final de transferências. Os fãs cottagers aguardam ainda a decisão pela permanência ou não de Bryan Ruiz, "esquecido" pelos clubes que o especularam recentemente. O costarriquenho pode ainda se mudar para Turquia ou Rússia, onde a janela fecha apenas daqui cinco dias.


Kaca jogará no futebol dinamarquês

Se Smith chegou e Rodallega e Ruiz ficaram, dois atletas saíram por empréstimo. O mais destacado é o meia Alex Kacaniklic, titular do time com Rene Meulensteen na segunda metade de 2013/14. O sueco renovou seu contrato com o Fulham até junho de 2016, mas permanecerá esta temporada emprestado ao København.

Tunnicliffe no Blackburn
Outro meia, Ryan Tunnicliffe, que também jogou mais com Meulensteen e acabou "barrado" por Magath, também se mudou, mas seguirá no futebol inglês. Ele defenderá o Blackburn, adversário cottager na Championship, até o fim da temporada, em outro empréstimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário