Internacionais Cottagers: poucos vitoriosos na data FIFA


A última data de amistosos da FIFA antes da Copa do Mundo não foi muito boa para os jogadores do Fulham. Dois oito envolvidos em partidas por seleções principais, apenas um saiu vencedor: justamente o esquecido Elsad Zverotic, que atuou por Montenegro e sequer vem pegando banco no time londrino.

Na Turquia, Muamer Tankovic estreou pela seleção da Suécia com derrota para os donos da casa por 2 a 1. O atacante entrou em campo na segunda metade da etapa final. Quem também atuou, mas como titular, durante todo o confronto, foi Alex Kacaniklic.

Em Piraeus, a Grécia decepcionou e perdeu para a Coreia do Sul por 2 a 0. Kostas Mitroglou foi o comandante do ataque grego durante os primeiros 60 minutos de jogo, enquanto o veterano Giorgos Karagounis entrou para tentar arrumar o meio-campo helênico, sem lá muito sucesso, no intervalo.

Notícia boa para os Whites foi a atuação segura - por todos os 90 minutos - de Brede Hangeland contra a República Tcheca, no empate da Noruega por 2 a 2, em Praga. O capitão não mostrou sequelas da pancada de cabeça sofrida com Kieran Richardson, na derrota para o Chelsea, sábado passado. Assim, Hangeland se credencia para ser titular novamente na "batalha" contra o Cardiff, no próximo final de semana.

Quem não conseguiu evitar a derrota de seu time foi William Kvist. O volante da Dinamarca atuou em toda a partida contra a Inglaterra, no estádio Wembley. O English Team, comandado por Roy Hodgson, sofreu, mas garantiu uma magra vitória por 1 a 0.

Em Podgorica, a modesta equipe de Montenegro surpreendeu com uma vitória de 1 a 0 sobre Gana, melhor representante africano das últimas duas Copas do Mundo. O lateral-direito Elsad Zverotic entrou aos 55 minutos de partida.

Dejagah: derrota iraniana em casa
 Na Ásia, o iraniano Ashkan Dejagah foi titular na decepcionante derrota de seu país, na capital Teerã, contra Guiné: 2 a 1. Já o americano Clint Dempsey viveu situação semelhante: foi titular, mas pouco fez nos 2 a 0 que a Ucrânia impôs sobre o selecionado dos Estados Unidos. Deuce deve ter feito sua última partida pelo Fulham no sábado passado, pois está de malas prontas para voltar ao Seattle Sounders.

Nas seleções de base, o equilíbrio entre vitórias e derrotas foi maior entre os Cottagers. Destaque para Lasse Christensen: o dinamarquês marcou o sexto e o oitavo gols do massacre sobre a Estônia (8 a 0), no grupo B das eliminatórias da Euro sub-21. A Dinamarca tem 20 pontos, quatro a mais que a vice-líder Rússia, e está em boas condições para assegurar vaga na fase de grupos do torneio.

Pela chave I, Marcelo Trotta fez o segundo gol da vitória da Itália na casa da Irlanda do Norte: 2 a 0. Liam Donelly atuou pelo time derrotado. Faltando dois jogos, a jovem Azzurra está no terceiro posto, um ponto atrás de Bélgica e Sérvia. Os norte-irlandeses aparecem na lanterna.

Outro Cottager a marcar foi Pajtim Kasami. O suíço, capitão da equipe, anotou o segundo da goleada contra Liechtenstein (5 a 1), que manteve o time na vice-liderança do grupo E. A Croácia tem 15 pontos, três a mais que a Suíça. Já Josh Pritchard e George Williams perderam com Gales para a Inglaterra por 1 a 0, no grupo A. Os galeses estão fora da disputa.

Em amistosos, dois jogadores da base dos Whites entraram em campo pela Escócia. No sub-21, Jack Grimmer estreou na categoria no empate em 2 a 2 com a Hungria - ele entrou na etapa final. Por sua vez, Carmeron Burgess atuou na vitória de 4 a 2 sobre a Suíça.