Repercussões: Fulham 3-0 Norwich




Já sabemos que na última terça-feira, o Fulham venceu o Norwich City em Craven Cottage, em jogo válido pela FA Cup. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na opinião do técnico Rene Meulensteen.

Na tradicional enbtrevista coletiva, após o jogo, Rene Meulensteen chamou o resultado de 'um trabalho bem feito' após Fulham vencer o Norwich City por 3 a 0, garatindo o sua classificação para a quarta rodada da Copa da Inglaterra.

"Estamos fazendo um monte de coisas bem", disse ele . "No sábado, contra o Sunderland, nós controlamos o jogo e deveríamos ter saído na frente. Mas não o fizemos, sofremos nas bolas paradas e isso são coisas que precisam ser melhoradas. Sabemos que a nossa marcação defensiva não está boa e precisamos melhorá-la. É por isso que hoje nós nos propusemos a fazer um 'Clean Sheet' e em grande parte do jogo de hoje, estávamos bem defensivamente".

"Se mantivermos os clean sheets, vamos ganhar mais jogos, porque temos qualidade suficiente para marcar gols. A FA Cup é uma competição fantástica. Estamos sempre tentando obter o melhor resultado possível em cada jogo. Não é nada positivo sair perdendo, e, por isso queremos adquirir o hábito de desempenhos positivos. Este foi um desempenho positivo, pois mantivemos o clean sheet e estamos na próxima fase da Copa".

Houve muitos outros pontos positivos para o Fulham, tais como os retornos de Brede Hangeland e Maarten Stekelenburg ao time, o jovem Dan Burn impressionando em sua estreia em casa e Darren Bent marcando um gol mais uma vez.

"Ter Brede volta foi um grande impulso", destacou Meulensteen. "Ele está muito bem depois de sua cirurgia e treinou muito duro para voltar. Contra o Sunderland era um pouco cedo demais, mas foi ótimo vê-lo passar por 90 minutos esta noite. O jogo contra o Arsenal, no próximo sábado, será difícil por ser fora de casa, mas vamos avaliar a condição de Brede para o jogo e ver se ele pode jogar".

"Ficamos muito satisfeitos em ver Maarten de volta. Foi uma lesão muito infeliz, ele estava em um bom momento momento, mas estamos felizes de vê-lo de volta, ele foi excelente".

E sobre o jovem zagueiro Dan Burn, que impressionou na defesa ao lado de Brede Hangeland, em sua estreia como profissional no Craven Cottage, Meulensteen continuou: 

"Ele se saiu bem no jogo de ida e amadureceu muito no Birmingham City, após um bom período de empréstimo. Ao lado de Brede [Hangeland], ele me pareceu muito seguro. É ótimo para ele, ter alguém como Brede ao seu lado, ele é um menino muito inteligente e não tem medo de dizer o que pensa, foi um desempenho muito positivo".

"Darren Bent marcou no jogo de ida em Norwich, e hoje ele marcou novamente. Será que ela me dará uma dor de cabeça para o jogo de sábado? Não, eu nunca tenho dores de cabeça!", respondeu o manager quando perguntado sobre o ataque para o dérbi londrino do sábado que vem.

E quando questionado sobre possíveis reforços na janela de transferências, Rene Meulensteen confirmou: o clube fez proposta para Ravel Morrison, meio-campo do West Ham e da Seleção Inglesa Sub-21, mas teve sua oferta rejeitada pelo clube de Upton Park.

"Temos andado para trás ", disse Meulensteen, "A oferta por Ravel foi rejeitada, por isso precisamos analisá-lo e seguir em frente. Deixei-o com Alistair Mackintosh (diretor executivo do clube) e nós vamos ter que esperar e ver o que acontece. Ele acrescentaria juventude, energia, imprevisibilidade, força de ataque e um monte de coisas".

"Eu faço os meus desejos clara e , em seguida, deixá-lo para as pessoas relevantes para lidar com isso. Todos nós sabemos que é muito difícil na janela de transferências de janeiro. Muitos clubes estão na mesma situação. As coisas acontecem sempre na última semana" .

Opinião do blog: a vitória sobre o Norwich na FA Cup é realmente um grande resultado para um time que não vive seus melhores dias, porém, todos sabemos que a equipe precisa de bons reforços nesta janela de transferências.

COME ON YOU WHITES!