Humilhados novamente


Para começar a falar de mais uma derrota Cottager, vamos atualizar os números da campanha com Martin Jol em 2013/14. São quatro derrotas consecutivas, 13 gols sofridos neste meio tempo e uma eliminação ante o modesto Leicester City na Copa da Liga. Em cinco dos 11 jogos na Premier League, o Fulham levou um gol antes dos 20 minutos. Neste sábado, quase repetiu a estatística: levou o primeiro do Liverpool aos 22 - o primeiro dos 4 a 0 para os Reds. O time de Martin Jol encerrou o dia na 17ª posição.

O capitão Hangeland e o lateral Riether foram os únicos desfalques. Ou seja, há poucas desculpas para o que vimos em campo.

Em 20 minutos, o Liverpool já somava 68% de posse de bola. E, aos 22, abriu o placar: após bola cruzada na área, Amorebieta se atrapalhou e mandou pro próprio gol. O tento sofrido derrubou os Whites, que sofreram o segundo três minutos mais tarde. Após corner, Amorebieta, de novo, errou, e perdeu na disputa aérea para Skrtel, que marcou 2 a 0.


Agger sobe para fazer o segundo do time da casa
Aos 29, o brasileiro Coutinho quase marcou, mas viu sua finalização ser defendida espetacularmente por Stekelenburg. O goleiro holandês, por sinal, foi o melhor (ou menos pior) dos jogadores do Fulham em campo, impedindo que a goleada chegasse a seis ou sete gols.

Mas o camisa 1 não impediu o terceiro dos Reds, aos 35 minutos. Num lance que começou com Gerrard dando uma caneta (ou janelinha, como preferir) em Berbatov, Henderson deu a assistência e Luís Suárez saiu na cara do gol para anotar 3 a 0.

Para a etapa final, Jol colocou Ruiz em campo, mas o camisa 10 pouco ou nada fez. Assim como o setor ofensivo do time. E assim como o setor defensivo também, que assistiu Stekelenburg realizar duas ótimas defesas em apenas três minutos de segundo tempo. E, aos sete minutos, Richardson saiu jogando errado, Gerrard roubou a bola e tocou para Suárez marcar o quarto dos mandantes.

Para a sorte do Fulham, o Liverpool diminuiu o ritmo após o 4 a 0, assim como o Manchester United fizera ao abrir 3 a 0 sobre os Cottagers semana passada. Com uma defesa perdida e um ataque nulo, os poucos fãs do Fulham em Liverpool não pouparam Martin Jol das vaias e dos gritos pela sua saída. Será que desta vez vai?

Liverpool: Mignolet, Johnson, Agger, Skrtel, Cissokho (Enrique), Gerrard (Allen), Lucas, Henderson, Coutinho, Sturridge (Moses) e Suárez.
Fulham: Stekelenburg, Zverotic (Hughes), Senderos, Amorebieta, Richardson, Parker, Sidwell, Kasami, Dejagah, Kacaniklic (Ruiz) e Berbatov (Karagounis).

Confira os gols do jogo aqui, direto do site do FOX Sports.