Internacionais Cottagers: Senderos e Kasami vêm aí


A penúltima rodada das eliminatórias da Copa do Mundo envolveu oito jogadores do Fulham. Destaque para os suíços Philippe Senderos e Pajtim Kasami, que viram do banco de reservas a seleção nacional bater a Albânia e garantir vaga antecipada na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Esse e outros destaques nós vamos conferir agora no nosso giro de Internacionais Cottagers.

Os Cottagers da Suíça assistiram ao jogo em Tirana do banco. Senderos foi preterido pelo jovem Fabian Schar, de 21 anos, enquanto Kasami perdeu a disputa com Valentin Stocker por um lugar na meia-esquerda. O placar de 2 a 1 sobre os albaneses assegurou a nona participação da nação dos chocolates em Copas, graças aos cinco pontos de vantagem sobre a vice-líder no grupo E, a Islândia.

Na mesma chave, Brede Hangeland capitaneou a Noruega, que levou 3 a 0 na Eslovênia e se viu privada de chances de ir à Copa. Os noruegueses, porém, serão vitais na última rodada: recebem a Islândia, que precisa da vitória para ir à repescagem.

No grupo C, Alexander Kacaniklic foi titular e atuou os 90 minutos na sofrida vitória da Suécia sobre a Áustria: 2 a 1, em Solna. O placar, obtido de virada, assegurou aos suecos a vaga na repescagem, já que a Alemanha, que fez 3 a 0 na Irlanda, conquistou vaga direta de forma antecipada.

Giorgos Karagounis entrou aos 31 minutos da etapa final na vitória de 1 a 0 da Grécia contra a Eslováquia. O resultado, que veio com um absurda falha do goleiro Mucha, manteve os gregos na vice-liderança da chave G. A Grécia tem 22 pontos, mesmo número da Bósnia - os bósnios lideram graças à imensa vantagem no saldo de gols. Na última rodada, para garantir vaga direta, os gregos deverão vencer Liechtenstein, em casa, e torcer por um tropeço da Bósnia em sua visita à Lituânia.

Zverotic atuou em Wembley
No grupo H, o lateral Elsad Zverotic jogou os 90 minutos da derrota de Montenegro para a Inglaterra (4 a 1), treinada por Roy Hodgson, no estádio Wembley. A eliminação montenegrina é praticamente irreversível: tem de vencer a Moldávia, em casa, e ainda torcer para que San Marino vença a Ucrânia (confronto que teve a maior goleada das eliminatórias: 9 a 0 para os ucranianos). Já a Inglaterra se vê tranquila: basta um empate com a eliminada Polônia, novamente em Wembley, para carimbar a passagem para o Brasil.

Nas eliminatórias das Américas do Norte, Central e Caribe, Bryan Ruiz atuou por 61 minutos na derrota da Costa Rica frente Honduras: 1 a 0. Os costarriquenhos já estão garantidos na Copa e, na rodada final, receberão o México, que ainda luta ou por vaga direta, ou por repescagem.

Na América do Sul, Fernando Amorebieta foi titular na defesa da Venezuela no 1 a 1 contra o Paraguai. As duas seleções não possuem chances de ir ao Mundial.

Outros dois Cottagers atuaram em amistosos nesta sexta-feira. Neil Etheridge foi o goleiro das Filipinas na derrota para o Taiwan, 2 a 1. Já o meia Adel Taarabt entrou no segundo tempo na igualdade de 1 a 1 entre Marrocos e África do Sul.

Pelas eliminatórias da Eurocopa sub-21, Lasse Christensen jogou no empate da Dinamarca contra a Eslovênia (2 a 2). Os dinamarqueses estão na vice-liderança do grupo B, atrás somente da Rússia.