Internacionais Cottagers: Ruiz perto de vir ao Brasil


A rodada das eliminatórias da Copa do Mundo neste fim de semana não definiu classificados ao Mundial do Brasil, mas deixou seleções muito próximas disso. Caso da Costa Rica, que contou com o bom futebol de Bryan Ruiz para vencer os Estados Unidos e ficar muito próxima de obter a vaga. Hora de girarmos pelo desempenho dos internacionais cottagers.

Ruiz atuou por 80 minutos na boa vitória costarriquenha sobre os americanos, em San José. O placar de 3 a 1 ajudou a garantir a liderança das eliminatórias da CONCACAF, com 14 pontos. Faltam três rodadas e o time da Costa Rica tem seis de vantagem para o México, atual quarto colocado e que hoje teria de jogar uma repescagem para tentar a vaga. Ruiz voltará a campo na terça, contra a lanterna Jamaica.

Na Europa, cinco cottagers entraram em campo na sexta-feira. O sueco Alex Kacaniklic foi titular na vitória de seu país por 2 a 1 sobre a Irlanda, em Dublin, pelo grupo C. Deste modo, a Suécia tem 14 pontos, cinco a menos que os líderes alemães. Na próxima terça, o adversário é o Cazaquistão, também fora de casa.

Kacanikic (19) foi titular em vitória sueca
O novo contratado Elsad Zverotic também foi titular por Montenegro, fora de casa, contra a Polônia. O empate por 1 a 1 fez os montenegrinos perderem a liderança da chave H, embora tenham os mesmos 15 pontos que a Inglaterra. De folga na próxima rodada, Montenegro fica de olho no confronto do English Team com a Ucrânia, atual terceira colocada.

No grupo E, Brede Hangeland foi o capitão da Noruega na tranquila vitória de 2 a 0 sobre o Chipre. Já o suíço Philippe Senderos assistiu do banco o surpreendente empate da Suíça contra a Islândia, em casa: 4 a 4. A chave é a mais disputada das eliminatórias europeias. A Suíça tem 15 pontos, seguida por Noruega (11), Albânia e Islândia (10) e Eslovênia (9). Na terça, ocorre duelo direto pela ponta, entre noruegueses e suíços.

Por fim, na chave G, Giorgos Karagounis entrou aos 67 minutos na partida em que a Grécia sofreu, mas ganhou de Liechtenstein por 1 a 0, em Vaduz. Os gregos se igualaram à Bósnia na liderança (16 pontos). Terça, o adversário é a Letônia, em casa.