Preview: Fulham - Reading


Os Cottagers, quem vêm de uma serie negativa de resultados ficando sem vencer nas últimas cinco partidas, entram em campo neste sábado (4) para encarar o já rebaixado Reading, que foi rebaixado na última rodada, em confronto com o QPR.

E a temporada que tinha tudo para terminar tranqüila, ganha ares de preocupação. Após alcançar os 40 pontos desejados por Martin Jol, a equipe estagnou e não conseguiu subir na tabela. Hoje, o Fulham está a três pontos do Newcastle, que é o décimo sétimo colocado, primeiro fora da zona de rebaixamento. Ainda que o Wigan esteja um pouco mais longe, com 32, todo cuidado é pouco para evitar um final de temporada desastroso.

Marcha Programme de Fulham e Reading na division III
Para este jogo, o técnico Martin Jol tem boas notícias. Tudo porque os jogadores que eram duvidas para este jogo estarão a disposição: Sascha Riether que tinha uma contusão no tornozelo, Berbatov com dores na panturrilha e Richardson contundido na coxa, estarão aptos para a partida.

De fora, ainda ficam Dejagah, Simon Davies, Diarra e Petric, que recentemente sentiu dores no tendão, além de Steve Sidwell, suspenso por expulsão.

E os Royals vêm a Craven Cottage em pura desanimação. Após empate diante do QPR, o Reading foi rebaixado logo no primeiro ano após ter conseguido acesso a Premier League. E o rebaixamento mostra a fragilidade do Reading, pois nas últimas 12 partidas os Royals saíram sem a vitória (a ultima foi em janeiro, contra o Newcastle). Sendo assim, o técnico Nigel Adkins, que substituiu Brian McDermott em março, ainda não sabe o que é conquistar três pontos.

Para esta partida, o técnico Adkins, poderá ter a volta do meio campista Hope Akpan, que se recupera de contusão no tornozelo, e tem boas chances de estar em campo. Além dele, o goleiro Adam Federici, que sofreu contusão semelhante a de Akpan, também tem chances de estar em campo. Jimi Kebe, com dores na virilha e Jason Roberts com problema no quadril são os desfalques.

FIQUE DE OLHO

Alex Pearce: o zagueiro de 24 anos tem sido apontado como um dos menores zagueiros na Inglaterra, e mesmo com a situação de seu clube tão ruim tem se destacado, gerando interesse de clubes grandes.

Jobi McAnuff: mesmo sem ter feito gols, o jamaicano tem sido importante na equipe com seus passes e assistências. Jogou em todas as partidas, e é um dos jogadores mais importantes da equipe.

RETROSPECTO

Apesar do histórico pequeno entre as duas equipes, o Fulham tem se dado melhor nos últimos confrontos, tendo 14 vitórias, e 13 derrotas, tendo ainda oito empates. Empate que foi o resultado a última partida, ocorrida na casa dos Royals pelo primeiro turno da Premier League, que terminou em 3 a 3.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Fulham: Schwarzer; Riether, Hangeland, Senderos, Richardson; Karagounis, Enoh, Duff, Kacaniklic; Ruiz e Berbatov.

Reading: McCarthy, Kelly, Mariappa, Morrison, Gunter; Karacan, Guthrie, Blackman, McCleary; Pogrebnyake, McAnuff.