Repercussões: Fulham 3-1 Chelsea + Preview: Fulham - Arsenal


Devido a pequenos contratempos, excepcionalmente hoje faremos um post 2 em 1, falando sobre as repercussões da amarga derrota no SW6 Derby e fazendo uma prévia de mais um clássico londrino, desta vez contra o Arsenal.

Começamos pelas repercussões, onde o técnico Martin Jol revelou toda sua frustração, na tradicional entrevista coletiva após o jogo.


"A frustração de estar jogando bem pela primeira meia hora de jogo, criando três ou quatro chances, incluindo nos primeiros minutos, quando Bryan Ruiz poderia ter marcado, e, em seguida, sofrer um gol porque não fechamos o chute de David Luiz.

Os dois gols de Terry vieram na bola parada - algo que irritou Jol, que continuou: "Para o segundo gol não conseguimos fechar o cruzamento e deveríamos ter limpado as nossas linhas de marcação. O terceiro gol não era com eles. Nós fizemos muito bem ao longo dos últimos meses a defender-peças set, mas hoje não o fizemos".


Com cinco jogos restantes na atual temporada da Premier League, Jol agora precisa ajeitar o time antes do confronto de sábado, contra o Arsenal.


Ele acrescentou: "Queremos obter o maior número possível de pontos, mas nós temos uma agenda pesada com alguns jogos difíceis. Espero que possamos pegar oito ou nove pontos antes do final da temporada".


A prévia de mais um dérbi



Fulham x Arsenal em Craven Cottage nos anos 60
Neste sábado, o Fulham recebe o Arsenal em Craven Cottage, em jogo válido pela 34ª Rodada da Barclays Premier League. A Espn Brasil transmite o jogo ao vivo, a partir das 11h (horário de Brasília).

Embora o maior rival dos gunners seja o Tottenham, até mesmo pela proximidade, os jogos entre Fulham e Arsenal costumam ser disputadíssimos e sempre com muitos gols.


A prova disso é que em toda a história do clássico, apenas quatro partidas terminaram sem gols no placar. Ao todo, foram 58 jogos na história do futebol inglês, com apenas oito vitórias cottagers, 33 dos gunners e dez empates.


Porém, apesar da grande desvantagem no histórico de confrontos, o retrospecto recente é bastante favorável aos cottagers, visto que o Fulham não perde para o Arsenal há quatro jogos - ou duas temporadas.


A ultima vitória do Arsenal foi no dia 4 de dezembro de 2010, quando os gunners venceram por 2 a 1 no Emirates Stadium. De lá, para cá, foram três empates e uma vitória cottager.



Arsenal 3-3 Fulham
Emirates Stadium -10 de novembro de 2012
Na atual temporada, as duas equipes se enfrentaram no Emirates Stadium, onde empataram por 3 a 3 em jogo cheio de emoções. Os destaques daquele jogo, foram os atacantes Dimitar Berbatov e Olivier Giroud, que anotaram dois gols cada.

Para o jogo deste sábado, a novidade no Fulham é a volta de Alex Kacaniklic ao time. O jovem meio-campo sueco foi chamado de volta de seu empréstimo ao Burnley e está à disposição de Martin Jol para enfrentar o Arsenal.


Outro jogador que retorna ao time é Steve Sidwell, que está de volta após cumprir três jogos de suspensão. Porém, Martin Jol não poderá contar com Damien Duff (estiramento no adutor da coxa), Ashkan Dejagah (tornozelo) e Emmanuel Frimpong (cláusula de empréstimo).


Já o técnico Arsène Wenger não poderá contar Lukasz Fabianski (fratura na costela), além de Kieran Gibbs e Tomas Rosicky, que passarão por testes físicos antes do jogo.


Será um bom jogo e um grande clássico, onde o retrospecto recente ajuda o Fulham, mas somente a vitória interessa aos dois clubes.

COME ON YOU WHITES!