Repercussões: Stoke 1-0 Fulham


Já sabemos que no ultimo sábado, o Fulham visitou o Stoke City no Britannia Stadium, onde o time não conseguiu encontrar o bom futebol e foi derrotado por 1 a 0. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na imprensa e em Craven Cottage.

Começamos pela imprensa inglesa, onde o Fulham foi praticamente esquecido e houve um grande destaque para o gol do escocês Charlie Adam, que garantiu a vitória aos potters. 

Um dos poucos destaques que a imprensa inglesa deu ao Fulham veio do site do jornal The Guardian, que deu ênfase às polêmicas reclamações do técnico Martin Jol.

Em entrevista coletiva após o jogo, nosso manager falou sobre as jogadas violentas do time do Stoke e acusou-os de tentar intimidar os jogadores do Fulham em campo.



"Eles tentam intimidar as equipes e intimidaram-nos", disse Jol ao site do jornal The Guardian. "Você tem que estar sempre com um pé atrás e depois jogar o seu futebol no campo de ataque. Em seguida, eles provavelmente não serão tão bons quanto parecem - mas não conseguimos fazer isso no primeiro tempo".

"No segundo tempo nós precisávamos de um monte de jogadores de frente, para tentar criar oportunidades com Dimitar Berbatov, Mladen Petric, Ashkan Dejagah e [os substitutos] Hugo Rodallega e Damien Duff, mas foi decepcionante porque não conseguimos fazer um gol".

"Você tem que tentar construir um bom jogo, e é possível, mas você precisa de auto-confiança, você precisa de qualidade e você não deve deixar o Stoke usar a força em você".

"Isso é o que eles fizeram na primeira metade do jogo, mas possivelmente não podiam no segundo tempo. Até mesmo Charlie Adam, parecia jogar melhor do que no ano passado, quando eu o vi [quando ele estava no Liverpool]".

Opinião do Blog: Não adianta reclamar das jogadas violentas do Stoke ou botar a culpa na arbitragem, se o Fulham não demonstrou um bom futebol dentro de campo e não conseguiu superar a defesa adversária. Esperamos uma melhora no nível de atuação do time e que venha o SW6 Derby!

Nenhum comentário:

Postar um comentário