Duff anuncia aposentadoria da seleção irlandesa

Gol e comemoração de Duff contra os sauditas na Copa de 2002
O meia cottager Damien Duff anunciou, nesta sexta, a sua aposentadoria da seleção da Irlanda. Duff confirmou a saída do time nacional horas antes de o técnico Giovanni Trapattoni divulgar a lista de convocados para o amistoso contra Omã, justamente em Craven Cottage, no próximo dia 11. O lateral do Fulham Stephen Kelly aparece na lista de 23 nomes.


Duff realizou exatamente 100 partidas com a camisa verde da Irlanda, a qual representou desde 1998. Sua despedida foi contra a Itália, pela Eurocopa, quando inclusive foi o capitão da equipe. "Foi sempre um orgulho representar meu país. Foi muito difícil tomar esta decisão, vinha conversando com (Giovanni) Trapattoni há muito tempo. Quero agradecer a todos e, especialmente, aos fãs pelos últimos 14 anos. Estarei apoiando a seleção em cada passo do caminho", afirmou o meia.
Contra a Itália, na Euro 2012, o 100º jogo pela seleção
Aos 33 anos, Duff despontou no time que conquistou o terceiro lugar no mundial juvenil em 1997. Um ano depois, fez sua estreia na equipe principal contra a República Tcheca, justamente na mesma partida em que Robbie Keane debutou. Em 2002, foi um dos titulares da equipe na Copa do Mundo. No último jogo da fase de grupos, fez seu único gol em Mundiais, na vitória sobre a Arábia Saudita por 3 a 0.
Em 1998, a estreia pela equipe verde
Trapattoni comentou a decisão e afirmou que a ausência do meia será sentida. "Não só por nós, mas por todos os torcedores irlandeses. Damien era imensamente hábil e um grande exemplo para os jogadores da nova geração", concluiu.

O presidente da federação irlandesa também comentou a aposentaria do jogador. "Damien produziu momentos de magia em campo. Agradecemos a ele por sua enorme dedicação nos últimos 14 anos", destacou Paddy McCaul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário