Fulham vence outra e pula para oitavo

Americano voltou a ser decisivo para o Fulham
O Fulham voltou a ter Martin Jol à beira do campo e conquistou sua segunda vitória consecutiva na tarde deste domingo, ao bater o Sunderland por 2 a 1, pela penúltima rodada da Premier League. O resultado, conquistado ainda no primeiro tempo, levou o time aos 52 pontos na tabela, a um de igualar a melhor campanha da história (sétimo lugar com 53 pontos em 2008/09).



Jol optou por uma mudança em relação ao time que havia batido o Liverpool: Kacaniklic deu lugar a Diarra, em uma alternativa visando fortalecer a marcação no meio.


A primeira chegada foi white: aos seis minutos, Duff recebeu de Dempsey e bateu para defesa de Mignolet, mandando a bola para escanteio. Aos 11, os Black Cats não escaparam. De falta, Clint Dempsey mandou uma cobrança perfeita que o goleiro não alcançou. Foi o 17° gol do americano na temporada da Premier League, e o 50° dele na história da competição.
Gol de Dempsey abriu caminho para vitória
A resposta do Sunderland veio aos 15 minutos. Catermole achou Sessegnon livre na área cottager; o francês driblou Hughes e chutou para uma defesa no reflexo de Schwarzer. Mesmo sem criar muito mais do que isso, os visitantes lograram o empate aos 34. Em jogada de Ji, Bardsley mandou uma bomba que Schwarzer não conseguiu alcançar, 1 a 1.


Contudo, a alegria do Sunderland mal durou um minuto. Dembele arriscou o chute da entrada da área e viu a bola dar um leve toque no zagueiro Turner antes de estufar as redes de Mignolet.


O segundo tempo reservou uma equipe visitante um pouco mais ofensiva, arriscando mais e contando com as entradas dos atacantes Bendtner e Campbell. Porém, foi o Fulham quem quase marcou: Dembele viu sua finalização ser afastada por Turner em cima da linha. Aos 27, Mignolet salvou seu time com uma defesaça em chute de Dembele. A resposta foi imediada - um minuto depois, mais precisamente. Bendtner finalizou contra-golpe mandando uma bomba sem direção.
Belga (30) teve excelente atuação neste domingo
Aos 32, o Sunderland ameaçou de novo com Campbell. O camisa 9 bateu, da pequena área, livre, para fora. A partida ficou lá e cá, com ambas as equipes criando chances e as desperdiçando. Tanto que Dembele esteve próximo de marcar o terceiro dos Whites, mas Mignolet voltou a aparecer aos 43. No segundo minuto de acréscimo, o Sunderland quase provocou um infarto nos fãs cottagers. Campbell aproveitou bobeira de Baird e bateu para Schwarzer mandar para corner. Apesar do susto, a vitória por 2 a 1 foi confirmada para alegria da torcida local.


O resultado fez o Fulham ultrapassar o Liverpool na tabela de classificação. Com 52 pontos, os comandados de Martin Jol tentarão, ao menos, igualar a melhor campanha da história no próximo fim de semana, quando visitam o Tottenham.


Fulham: Schwarzer, Kelly, Hughes, Hangeland, J. Riise, Murphy (Baird), Diarra, Dembele, Duff, Dempsey e Pogrebnyak (Frei).
Sunderland: Mignolet, Bardsley, Turner, Kilgallon (Campbell), O'Shea, Cattermole, Colback, Gardner, McClean, Ji (Bendtner) e Sessegnon.


Fotos: Fulham FC e BBC

6 comentários:

  1. Poxa... muito legal o site. Gostei bastante e sempre que der tentarei dar uma passada por aqui. Gosto muito de futebol inglês, independente do clube, e um dos times que mais simpatizo é o Fulham. Parabéns pelo site e continuem com o excelente trabalho! ;)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado! Só não precisava ter postado Anônimo. Abs

    ResponderExcluir
  3. Ah, foi mal então. Meu nome é Thiago. Hahaha'

    ResponderExcluir
  4. o fulham tem uma otima equipe com um pouco mais de ivestimento no senhor al fayed dava ate pra sonhar com uma champions...

    ResponderExcluir
  5. Po... pior que é mesmo. Tem uns jogadores na Premier League que são bons e baratos. Até mesmo da segunda divisão dá pra pegar excelentes jogadores pro time do Fulham.

    Eu vi alguns jogos da Segunda Divisão Inglesa pela ESPN essa temporada e tem muito jogador do Southampton, do West Ham, do Palace entre outros que, com certeza viriam por um preço bem baixo e ajudaria muito a equipe do Fulham.

    ResponderExcluir
  6. O problema talvez esteja na mentalidade. Al Fayed há muito tempo deixou de trazer vários jogadores para o clube e, quando traz, busca nomes de grandes centros. A busca em divisões inferiores é basicamente para o uso na equipe de juniores e reservas. Se este pensamento dele mudasse, talvez o Fulham conseguisse agregar mais valores por menores preços.

    ResponderExcluir