Fulham joga bem, mas apenas empata com o Chelsea

 Dempsey, 22 gols na Temporada, fez mais um para conseguir o empate em Craven Cotage. Fonte:FulhamFC.com
Segunda feira fria e chuvosa em Londres foi o cenário para o SW6 Derby. Fulham e Chelsea se enfrentaram em Craven Cottage pela 33ª rodada da Premier League, numa espécie de Boxing Day devido ao feriado Easter Monday (segunda-feira de Páscoa), onde os times jogaram com uma diferença de mais ou menos 48 horas em relação ao último confronto. O resultado de 1 a 1 deixou os Whites na nona posição, com 43 pontos.


Diante dessa adversidade e dificuldade do calendário inglês o Fulham veio a campo em busca de sua terceira vitória seguida sem muitas alterações com relação ao time que venceu o Bolton no sábado. Pavel Pogrebnyak, que todos pensavam que tinha sido poupado no sabado, ficou de fora por contusão assim como Andrew Johnson e Bryan Ruiz que não jogará pelo restante da temporada por ter quebrado o pé durante a partida contra o Bolton.


Com todas essa baixas no ataque Cottager, Martin Jol optou por colocar o jovem Karin Frei na ponta esquerda no lugar de Kacaniklic, e pôs Clint Dempsey como jogador mais avançado sendo auxiliado por Mousa Dembele que fazia a ligação do meio campo e ataque. Quem voltou ao time foi o 'Capitain' Danny Murphy, que formou o meio campo com Diarra.

Pelo lado dos rivais, o tecnico Di Matteo veio a campo com Fernando Torres como atacante mais avançado, mantendo no banco Didier Drogba. Alem disso, o tecnico dos Blues poupou Daniel Sturridge, Juan Mata e Florent Malouda, deixando-os no banco. Além de Torres, o meio campo Frank Lampard e o zagueiro John Terry tambem retornaram a campo, depois de terem sido poupados no jogo de sábado.


Como era de se esperar, o derby foi bem disputado. Fonte:DailyMail
O jogo, como qualquer clássico, começou bem truncado, com muita disputa no meio-campo e poucas chances de gol. O equilíbrio no meio campo fez o jogo ser bem parado neste começo, mas a partir dos 16 minutos, depois do chute de Mikel para longe da meta de Schwarzer, as chances foram aparecenco pouco a pouco.

E as melhores chances foram criadas pelos Whites, principalmente pelo lado esquerdo com Riise e Frei. Aos 20 minutos, Hangeland fez lindo lançamento para Riise, que cruzou na área, mas num momento de indefinição de Dempsey e Duff a bola chegou fraca as mãos de Petr Cech.

Aos 24 minutos, a zaga do Fulham roubou a bola e Dempsey puxou um veloz contra-ataque; deixou a bola com Dembele na esquerda, que acabou se enrolando com a bola, mas mesmo assim achou Dempsey no meio da área. O americano chutou nas mãos do goleiro dos Blues.

Um minuto depois, a melhor chance do primeiro tempo aconteceu. Depois de uma dividida no meio-campo a bola sobrou com Frei, que com muita velocidade correu com a bola em direção ao gol. Num lance de muita habilidade, e sozinho diante de 4 marcadores, o jovem Cottager achou uma brecha e chutou no canto direito de Cech, que teve muito trabalho para colocar a bola para escanteio. Com essas chances, o Fulham dominava o primeiro tempo.

Jogadores reunidos discordando do penalti marcado. Fonte: FulhamFc.com
Depois disso, o Chelsea tentava manter mais bola no pé, porém sem conseguir entrar pela defesa do Fulham que se manteve muito compacta e com um ataque perigoso, até que aconteceu o lance mais duvidoso da partida. Aos 43, a bola sobrou na entrada na área para Kalou, que ao tentar driblar Danny Murphy e Kelly foi ao chão, e o árbitro Mark Cattenburg marcou a penalidade. Os jogadores do Fulham reclamaram muito, pois realmente foi um lance no mínimo duvidoso, e que jogou uma ducha d'água no bom trabalho que os Whites vinham fazendo. Frank Lampard com muita habilidade cobrou de maneira indefensável e abriu o placar no fim do primeiro tempo.

"That boy Clint Dempsey".Fonte:FulhamFC
No segundo tempo, logo aos três minutos, o Chelsea foi ao ataque com Lampard num belo chute de fora da área que assustou a todos. E o Chelsea ia criando algumas oportunidades com Lampard e Meireles, mas sem tanto perigo.

Ao 15 minutos, o Fulham retomava o bom futebol do primeiro tempo e voltava a dominar a partida, mostrando que o lado esquerdo era o caminho das pedras. Num ótimo lançamento de Frei, Riise entrou na área em diagonal e num lindo chute de "três dedos" mandou a bola no lado esquerdo de Cech, que pulou e apenas viu a bola passando próxima à trave. Cinco minutos depois, o Chelsea respondeu com um lance de Kalou, que estava quase na pequena área, cabeceou livre para fora, perdendo uma chance incrível.

Mesmo com a chance de gol do Chelsea, o Fulham mostrava que queria mais o resultado partindo para a pressão e tomando conta da partida com chutes de Dempsey e Duff, e na habilidade de Frei. Graças à essa vontade, os Cottagers foram recompensados: aos 36 minutos, em ótimo cruzamento de Riise, Aaron Hughes se antecipou a zaga do Chelsea e cabeceou forte ao gol obrigando Petr Cech a operar um verdadeiro milagre mandando a bola para escanteio. 


Escanteio esse que dessa vez foi cobrado na cabeça do artilheiro Dempsey, que contou com o desvio no zagueiro Cahill e entrou lentamente na meta de Cech. Foi o 22º gol de Deuce, sendo mais uma vez foi decisivo para o time, e mostrou seu faro de gol e presença em momentos importantes.

Dempsey marca o gol que deu um pouco de justiça ao jogo. Fonte:FulhamFc.com
Depois disso o Fulham tentou o segundo gol, mas não havia mais tanto tempo e fôlego para conseguir a virada e o jogo terminou em 1 a 1.

Foi uma ótima partida do Fulham, que merecia até a vitória, pois foi ao ataque e mostrou que queria a vitória, diferente do adversário que queria mais administrar o resultado. Além disso, assegurou a primeira temporada na história da Premier League em que o time cottager não perdeu para o Chelsea: foram três empates em três confrontos.

FULHAM: Schwarzer; Kelly, Hughes, Hangeland, J.A. Riise; M. Diarra (Orlando Sa), Murphy (Etuhu), Duff, Frei (Kacaniklic), Dembele e Dempsey.

Chelsea: Cech; Ivanovic, Cahill, Terry, Bertrand; Mikel, Meireles (Mata), Lampard; Ramires (Drogba), Kalou e Torres.

O Fulham terá um bom tempo de descanso e preparação, pois o próximo desafio será dia 21, contra o Wigan, também em Craven Cottage.


Confira os gols do empate no dérbi londrino aqui, no site da ESPN Brasil.

4 comentários:

  1. Palhaçada esse gol do Chelsea, esse penal marcado.

    galerinha, que visita o "FBR" vejam a #supreme_report da vitória do Norwich no galinheiro.

    http://norwichcityfcbra.blogspot.com.br/2012/04/king-e-colocado-no-bolso-norwich-vence.html

    ResponderExcluir
  2. palhaçada mesmo, Arbitragem favorecendo o Chelsea novamente..

    ResponderExcluir
  3. Pênalti bastante duvidoso mesmo, mas o experiente Murphy facilitou dando aquele carrinho dentro da área e o Kalou, claro, valorizou muito..

    ResponderExcluir
  4. ...and God save Clint Dempsey...

    ResponderExcluir