Fulham sai na frente, mas cede o empate no final

Orlando Sá marcou para o Fulham. / Foto: The Guardian
Não foi desta vez que o Fulham conseguiu sua segunda vitória fora de casa na atual temporada da Premier League. Um Fulham excessivamente recuado e um gol de Simeon Jackson aos 94 minutos de jogo salvaram os canários de uma nova derrota em Carrow Road.


Tudo parecia dar certo no final de ano cottager quando Moussa Dembele escapou pelo lado esquerdo de ataque, às costas do defensor Bradley Johnson e achou o atacante português Orlando Sá, que superou o zagueiro Zak Whitbread e o goleiro Ruddy, logo aos 7 minutos de jogo.



A partir do gol, o Fulham diminiu o ritmo e começou a se recuar, mas ainda tendo algumas poucas oportunidades com Dempsey, Frei e Orlando Sá. Mas conforme esperado, o recuo do Fulham ocasionou numa pressão do Norwich, que estranhamente não tinha seu artilheiro, Grant Holt, que começou no banco de reservas.


Aos 33 minutos, Stephen Kelly lançou Bryan Ruiz na ponta direita, o costarriquenho cruzou para Orlando Sá, que escorou de cabeça para Clint Dempsey finalizar na trave. E ao fim da primeira etapa, a vantagem era dos cottagers, 1 a 0.


Na segunda etapa o Fulham praticamente abdicou do ataque e passou a jogar excessivamente recuado. O técnico do Norwich, Paul Lambert, colocou o artilheiro Grant Holt no lugar de David Fox e passou a atacar mais.


O técnico Martin Jol também mexeu no time do Fulham durante a segunda etapa: saíram Murphy e Frei para as entradas de Etuhu e Duff, respectivamente. A principal substituição do jogo ocorreu aos 69 minutos, quando Lambert substituiu Steve Morison por Simeon jackson.

O Fulham perdeu força ofensiva, quando Jol fez a inexplicável substituição de Orlando Sá, para a entrada do volante Steve Sidwell. A partir disto, o Norwich passou a dominar as ações ofensivas do jogo, pressionando um Fulham 'acuado' em seu campo de defesa.



Simeon Jackson:  herói canário e novo carrasco do  Fulham.
Foto: BBC / Getty Images 
Nos acréscimos do jogo, os cottagers já comemoravam sua segunda vitória fora de casa na temporada inglesa. Eis que no ultimo minuto de jogo, um cruzamento na área encontra o atacante Simeon Jackson, que cabeceia para o fundo das redes de Stockdale e não dá chances de defesa para o jovem goleiro inglês.

No apito final, ficamos com um empate heróico dos canários, graças a competência de Paul Lambert e a "estrela" de Simeon Jackson, que culminou em um resultado pra lá de doloroso do Fulham, que enfrenta o Arsenal na próxima rodada.

COME ON YOU WHITES!


Um comentário: