Repercussões: Odense 0-2 Fulham



Já sabemos que na ultima quinta-feira o Fulham viajou até a Dinamarca, para enfrentar o Odense e saiu de lá com uma boa vitória na bagagem. Agora é hora de vermos como foram as repercussões do jogo na imprensa e no próprio Fulham.


A imprensa inglesa destacou a grande atuação de Andy Johnson, que merecidamente fez 2 gols e deu a vitória aos cottagers em solo dinamarquês. Também houve algum destaque para a recuperação do Fulham, que não vencia há 9 jogos, somando Premier League, Carling Cup e a própria Europa League.

AJ: Em alta com o chefe.
O técnico Martin Jol falou à imprensa, após a vitória por 2 a 0 na Dinamarca. Na entrevista coletiva, o técnico elogiou bastante o "homem do jogo".


"Se você está ganhando de1 a 0 até que você não está muito nervoso, mas 1 a 0 é 1 a 0. Eles poderiam ter marcado cinco minutos antes do fim, por isso é sempre bom ter alguém como o Andy para marcar um segundo gol e, em seguida, a pressão está fora ", refletiu o Gerenciador de Fulham.


"Às vezes precisam ser dadas oportunidades. Mas o segundo gol não foi apenas uma oportunidade, foi inacreditável. A bola foi alta e seu primeiro toque foi perfeito. Talvez ele não tenha pensado nisso, mas  provavelmente por isso que foi um gol incrível. "



A vitória foi do Fulham,  após uma série de cinco empates, embora Jol tem tido o cuidado de salientar que os resultados recentes não foram necessariamente um reflexo das performances de sua equipe.

"Eu não acho que haverá outro jogo onde criamos mais chances do que contra o West Brom", explicou. "Nós tivemos a posse de 60% no primeiro tempo lá, por isso é só uma questão de colocar essas chances na rede. O que Andy fez no primeiro tempo, por exemplo - do nada -. Que é um atacante bom "

No entanto, apesar de mostrar um excelente Andy Johnson, Jol não confirmou se o atacante têm lugar garantido no jogo deste domingo, quando os whites receberão o Queens Park Rangers.

"Vou ter que tomar uma decisão sobre isso", disse ele. "Bobby Zamora marcou contra o Manchester City, e contra o Blackburn também.Contra o Manchester City contra ele criou o segundo gol também, por isso é sempre uma questão de tomar uma decisão. Mas eu estou 100% certo que se eu botar Andy para começar o jogo, ele não vai deixar ninguém para baixo, porque ele é um verdadeiro profissional. Ele sempre joga com o coração, e eu não acho que você pode dizer isso de todos os profissionais no futebol. "

Opinião do blog: Foi uma boa vitória, mostrando a força do elenco do Fulham e o faro de gol de Andy Johnson. Agora é torcer pela recuperação na Premier League, no clássico londrino contra o QPR.


COME ON YOU WHITES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário