Preview: Odense – Fulham



O próximo desafio do Fulham pela UEFA Europa League será contra os dinamarqueses do Odense BK, dia 29/09/11 às 14hrs (Horario de Brasilia).
O Cottagers vão a Dinamarca para quebrar o amargo jejum de 8 jogos sem vitória, sendo o último triunfo conquistado na própria UEFA Europa League.
Os desfalques do Fulham são Dembele e Bobby Zamora, que serão poupados para não haver maiores complicações para o jogo contra o QPR no fim de semana. Além desses, Aaron Hughes também vem sendo poupado por dores no joelho, além de Simon Davies, que tem a contusão mais séria dentre os outros companheiros.
Orlando Sá se queixou de dores e preocupa, porem o técnico Martin Jol espera o treinamento desta quarta à noite para ter a definição da presença do jogador.
Quem está confirmado para o jogo é o atacante Andy Johnson, alem de Etuhu que está à disposição de Jol. O nigeriano entrou no segundo tempo na partida contra o West Brom e se sentiu bem, alem de demonstrar fome de bola: “Temos grandes jogadores aqui, mas estou confiante em mim mesmo e em minha capacidade, por isso espero ter mais oportunidades de jogo”.
O nosso veterano goleiro Mark Schwarzer é tambem figura praticamente certa na partida desta quinta. Após uma colisão com Steve Sidwell, o goleiro chegou a preocupar, mas fez tratamento durante a semana e assegura que não foi nada grave.
Johnny Haynes, maior ídolo da história do Fulham, eternizado também no Third Kit

Nosso adversario não é um time muito conhecido do grande centro europeu, porém não pode ser menosprezado. O Odense está em primeiro do grupo após vencer a primeira partida por 3-1 sobre o Wisla Kraków, fora de casa.
Dentro de casa, o OB é um time muito perigoso. Nos últimos 15 jogos em casa por competições europeias sofreu apenas uma derrota, para o Sttutgart na última edição da Europa League. Nesta temporada, disputou a preliminar da Champions League, e em seus domínios conseguiu vencer o Villareal-ESP por 1-0. Porém, foi derrotado no jogo da volta por 3-0 e consequentemente eliminado da UCL.
Segundo o nosso zagueiro Brede Hangeland (que atuou por dois anos pelo FC Copenhaguen, rival do Odense): "Já joguei contra eles um monte de vezes, durante meus dois anos com Copenhague", disse ele. "Eles foram segundo colocados, em seguida, por isso vai ser difícil.

"Eles são uma equipe sólida - semelhante ao West Brom - que jogam com duas linhas de quatro. Eles são bem organizados com jogadores decentes e eu estou ciente de suas ameaças."
Vindo de três derrotas seguidas no campeonato local, o técnico do Odense Henrik Clausen, acredita que uma vitória sobre o Fulham irá trazer a confiança perdida. Como arma, eles têm o atacante nigeriano Peter Utaka, que fez um dos gols na primeira partida, mostrando muito oportunismo.
Odense e Fulham nunca se enfretaram na história, nem mesmo em amistosos. Porém, os cottagers já contaram com alguns jogadores dinamarqueses em seu elenco, como foi o caso de Claus e Niclas Jensen, que jogaram de 2004 a 2007 e de 2005 a 2007, respectivamente. Outro dinamarquês a passar pelo Fulham foi o meio-campo Leon Andreasen, que não emplacou no futebol inglês.
Claro que todo cuidado é pouco, ainda mais jogando na casa do adversario. Mas o Fulham tem todas as condições de voltar à Londres com três pontos na bagagem, e a liderança do grupo, como souvenir.

Um comentário:

  1. Torcer muito pro Fulham,que ainda não demonstrou seu potencial,deve evoluir ao longo da temporada.

    ResponderExcluir