Fulham busca empate, mas segue no rebaixamento

Murphy fez o gol de empate
Após levar 2 a 0, o Fulham conseguiu evitar a derrota para o Manchester City, na manhã deste domingo, em jogo válido pela quinta rodada da Premier League. Com gols de Zamora e Murphy, os Whites buscaram a igualdade, mas isso não evitou que o time terminasse a rodada empatado com Bolton e WBA na última posição - sendo a única equipe ainda sem vitórias na temporada.


Sem Hughes, lesionado, Martin Jol optou por Chris Baird como zagueiro, deixando Senderos no banco. Na lateral-esquerda, novidade foi a volta de John Arne Riise. Outra surpresa foi a ausência de Andy Johnson até mesmo do banco de reservas.
Nasri contra Dempsey
O City dominou praticamente todo o confronto. Tanto que o gol de Sergio Aguero, que abriu o placar aos 18 minutos, até demorou para sair. Mas veio em jogada de Barry para Silva, que encontrou o argentino recém-contratado do Atlético de Madrid sem marcação diante do arqueiro. Pouco depois, Dzeko forçou Schwarzer a fazer bela defesa.

A etapa final começou no mesmo ritmo e, com pouco mais de dez segundos, o City ampliou. Clichy lançou, Dzeko ajeitoue Aguero finalizou no canto direito, sem chances para o goleiro dos Whites: 2 a 0. Quando parecia morto, o Fulham então do nada começou a jogar. Aos 10 minutos, Zamora descontou chutando da entrada da área, após passe de Dempsey.
Comemoração pelo empate aos 30min
Joe Hart foi chamado a intervir duas vezes para negar o empate antes de, efetivamente, não conseguir impedir o gol de Danny Murphy, aos 30 minutos. Foi quando Zamora trabalhou de pivô e deixou a bola para o capitão chegar batendo; a bola desviou em Kompany e foi para as redes em Craven Cottage. Um resultado comemorado pelo jeito como foi conquistado, mas lamentado considerando a necessidade de uma vitória, mais uma vez adiada.

Fulham: Schwarzer, Kelly, Baird, Hangeland, J. Riise, Sidwell, Murphy, Duff (Kasami), Dempsey, Dembele (Ruiz) e Zamora.
Man. City: Hart, Richards, Kompany, Lescott, Clichy, Y. Toure, Barry, Nasri (Johnson), Silva (Zabaleta), Aguero (Tevez) e Dzeko.

Fotos: BBC e Fulham

Os gols do jogo você pode conferir aqui, no site da ESPN Brasil.

Um comentário:

  1. FOI UM JOGAÇO... AOS MENOS OS 1(UM) PONTO CONQUISTADO, MOSTROU Q O FULHAM TEM PODER DE REAÇÃO, AINDA MAIS EM FRENTE A UM PODEROSO CITY CHEIO DE ESTRELAS. PARA MIM APESAR DA NÃO VITÓRIA, FOI UM EXCELENTE RESULTADO!

    ResponderExcluir