Repercussões: Stoke City 0x2 Fulham


Foto: fulhamfc.com

Conforme vimos no post anterior, o Fulham venceu o Stoke City dentro do Britannia Stadium pelo placar de 2 a 0, com dois belos gols do defensor norte-irlandês Chris Baird.

O bom resultado do Fulham, que não vencia há 16 rodadas da Premier League, infelizmente pouco adiantou para os cottagers. Ainda na terça-feira, Birmingham e Manchester United empataram por 1 a 1 no St. Andrews Park, e nesta quarta-feira Wigan e Arsenal empataram em 2 a 2 no DW Stadium, estes resultados botam o Fulham novamente na zona de rebaixamento.

O grande destaque do Fulham na imprensa inglesa não poderia ser outro, senão Chris Baird, que marcou os 2 gols da vitória sobre o Stoke no Britannia Stadium. O defensor norte-irlandês foi muito elogiado pelos dois belos gols que marcou.

O técnico do Fulham, Mark Hughes, falou ao fulhamfc.com após a partida e estava cheio de elogios para seus jogadores após o apito final, destacando o compromisso e o desejo de vencer, que fez de sua equipe digna de vencedores.

"Eu acho que todo mundo pôde ver a nossa intensidade e foco neste jogo ", disse Hughes ao fulhamfc.com. "Viemos aqui [Britannia Stadium] frustrados, devido a nossa posição na liga. Isso nos ajudou muito no nosso foco e eu penso que nós fomos imensos hoje. Todo mundo foi excepcional."

"Isso é o que precisamos em jogos fora de casa - uma atitude resoluta e vamos definir o padrão hoje. Poderia ser uma temporada de definição de vitórias."

"Já faz muito tempo desde a nossa última vitória fora de casa, mas hoje o nosso o jogo foi no local. Nós mereceu a vitória e nós tocamos em algumas coisas realmente boas. No segundo tempo nós recuamos um pouco, mas já esperávamos isso.

"Eu sei que eu tenho um bom grupo de jogadores, e quando nós jogamos assim como fizemos hoje, eu sei que não teremos qualquer problema. A coisa mais importante é que somamos três pontos na tabela hoje. "

A Decisão de Mark Hughes de "resgatar" Chris Baird no Fulham e botá-lo na formação incial, na terça-feira, acabou por ser uma inspiração decisiva do treinador do Fulham, que revelou que Baird tem um surpreendente potencial, que permaneceu em um segredo, bem guardado até os primeiros dez minutos de jogo, no Britannia Stadium.

"Ele [Baird] é indiscutivelmente um dos melhores cobradores que temos no Fulham ", explicou Hughes, "Ele tem a capacidade de produzir o que ele fez. Estamos encantados que na terça-feira o primeiro gol, veio assim como eu vi ele fazer no treinamento, e foi fantástico.

"um segundo após a cobrança de falta, logo que deixou seu pé já tinha endereço certo. Estou contente por ele, porque ele teve de ser paciente e esperar por sua vez, mas para ele foi totalmente merecido e justificavel à sua escalação na terça-feira. "

O autor dos gols, que até meados da temporada passada parecia apresentar um futebol técnicamente limitado, e após os 2 gols contra o Stoke virou praticamente um ídolo do clube, também falou ao site oficial do Fulham após o jogo.
"Estou muito contente com meus primeiros gols para o Fulham," disse Baird fulhamfc.com. "O primeiro que eu não poderia ter pegado melho na bola e um segundo eu sabia que ia demorar tanto assim pra ter a oportunidade de cobrar.
"Felizmente ela entrou e eu só queria esmagá-la tão duro quanto eu pudiesse e esperar o melhor. Eu apenas estou feliz por ter marcado dois gols."
"Eu tenho tido algumas [cobranças de falta], em formação antes desta, e eu sabia que depois de marcar o primeiro gol eu ia levá-lo e felizmente foi dentro."
"Estou muito feliz, porque quando você vai jogar contra o Stoke, você sabe que vai estar sob muita pressão. Eles são uma boa equipe e eu pensei que nós lidamos com eles incrivelmente bem."
Opinão do Blog:
Ficamos realmente muito felizes com o resultado e com os 2 gols do Baird, se o Fulham jogasse sempre assim, nós não estaríamos na zona de rebaixamento. É ótimo ter um cobrador de faltas como o Baird, mas também não podemos depender apenas de um defensor para fazer gols e por isso achamos que o ataque ainda deve melhorar muito.

COME ON YOU WHITES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário