Com dez em campo, Fulham sofre dura derrota


O time era o mesmo que bateu o QPR por 4 a 0. A atmosfera era amplamente favorável. Mas... deu tudo errado. Nesta terça, em jogo atrasado da nona rodada da Championship, contra o Wolverhampton, as coisas foram bem diferentes: Tom Cairney perdeu a cabeça e deu uma entrada com os dois pés juntos em um adversário a 35 minutos e foi expulso direto. E o Fulham levou 3 a 0 no segundo tempo, para cair ao 14º posto na tabela.

Como destacado, Kit Symons repetiu o time que havia batido com facilidade o Queens Park Rangers, no derby londrino disputado sexta passada. O Wolves, mesmo envolvido num processo de venda, mostrou-se bem mais organizado que o QPR, e ameaçou primeiro quando Fredericks quase marcou contra, exigindo reflexo de Lonergan - na sobra, ainda pintou chute rente à trave.

Os whites tiveram uma chance com Moussa Dembele, mas seu chute foi travado na hora H pela defesa. De resto, os visitantes mostraram-se mais perigosos, mas faltava pontaria. Até que, aos 35 minutos, o diferencial que o Wolves precisava para se aproximar da vitória veio numa insanidade de Cairney. O camisa dez adiantou a bola e entrou duramente na dividida com Le Fondre. Expulsão direta e, por consequência, três jogos de suspensão para ele.

Segundo gol dos visitantes teve falha de Lonergan
Se no 11-11 as coisas já estavam complicadas, no 10-11 foi impossível para os londrinos segurarem o ímpeto do Wolverhampton. E tudo aconteceu muito rápido na etapa final: aos 11, Ojo invadiu a área pelo flanco esquerdo de ataque, cortou pro meio e chutou; Le Fondre desviou de cabeça e lá estava 1 a 0 pros visitantes. Dois minutos depois, de novo o ex-Liverpool Ojo apareceu na esquerda, desta vez arriscando pro gol. Lonergan falhou e aceitou, 2 a 0.

Desta vez, Dembele não conseguiu achar espaço na zaga rival
A partir daí, pouco a se destacar. O Wolverhampton cadenciou a partida e o Fulham não teve força nem ânimo para buscar a igualdade. Com mais posse, a equipe visitante deu poucas chances aos cottagers, e ainda marcou o terceiro a 12 minuto do fim. Henry, de falta, aos 34, fechou a conta em 3 a 0 para o Wolves.

O jeito é levantar a cabeça e pensar no próximo jogo, que será novamente um derby local. Domingo, às 8h (DF), o Fulham visitará o estádio The Valley para encarar o Charlton.

Fulham: Lonergan; Fredericks (Voser), Stearman, Ream e Husband; O'Hara (Mattila), Tunnicliffe, Cairney e Pringle (Christensen); Dembele e McCormack.
Wolverhampton: Martínez; Iorfa, Batth, Hause e Golbourne; Price, McDonald, Byrne (Ojo) e Henry (Wallace); Afobe e Le Fondre (Enobakhare).



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário