Preview: 201516 + Cardiff vs Fulham


Enfim a temporada 2015-2016 está começando. Quase três meses após o fim melancólico da última temporada, os Cottagers voltam a campo com as esperanças renovadas. E, neste post, você vai descobrir o que aconteceu de novo em Craven Cottage e o que podemos esperar da nova temporada. O primeiro desafio é o Cardiff, na casa dos galeses, às 8h (DF) deste sábado.

Depois de salvar o Fulham do rebaixamento, Kit Symons foi mantido no cargo com o objetivo de renovar o elenco Cottager para ter chances de buscar uma vaga entre os seis primeiros da Championship. Para isso, muita gente saiu.

Hugo Rodallega, Tim Hoogland, Gabor Kiraly e Adil Chichi não tiveram seus contratos renovados. Konstantinos Stafylidis, Seko Forfana, Michael Turner, James Husband, Danny Guthrie e Richard Lee que chegaram por empréstimo na última temporada, voltaram para seus clubes de origem. Lee, por sinal, anunciou aposentadoria.

Além deles, recentemente, Bryan Ruiz anunciou sua saída em definitivo para o Sporting, além de Kostas Mitroglou, emprestado por uma temporada ao Benfica, e a jovem promessa Patrick Roberts foi vendido ao Manchester City.



Uniforme para 2015/16 é um dos pontos fortes da equipe na temporada
Porém, o verão europeu não foi só de saídas do clube. Jazz Richards acertou a permanência em definitivo, o experiente Jamie O' Hara chegou, assim como Tom Cairney e Ben Pringle para o meio campo e Andy Lonergan para o gol. Luke Garbutt, jovem lateral do Everton, chegou por empréstimo - e já desfalcará o time, lesionado.

O que se viu nos jogos amistosos foi um time que ainda tinha alguns problemas, como na temporada passada, mas que mostrou mais alternativas de criações de jogadas e entrosamento.

Estreia na Championship

E se o Fulham reforçou seu elenco, para a estreia no campeonato Kit Symons não terá todo mundo à disposição: Garbutt sentiu lesão em dividida no amistoso contra o Crystal Palace, Scott Parker e George Williams recuperam-se de cirurgia. Caso semelhante ao de Fernando Amorebieta, mas o venezuelano sequer ganhou um número para jogar a temporada e provavelmente será emprestado ou negociado.

Adam Taggart, que pode ser considerado um reforço, uma vez que não atuou pelo time profissional na última temporada, sentiu dores no tendão e não jogará a estreia, assim como Ryan Tunnicliffe, que está suspenso pela FA.

Cardiff City

O time do País de Gales, depois de uma temporada com novidades, como por exemplo a volta ao uniforme tradicional, vem preparado para voltar à Premier League, onde seu rival, o Swansea, está muito bem estabelecido. Além do mais, o Cardiff caiu junto do Fulham em 2013/14, e igualmente teve uma temporada passada muito aquém das expectativas.

Mas para a estreia, os desfalques são:o goleiro David Marshall, suspenso, Bruno Manga, com lesão no jeolho, e Ben Turner, com lesão no tornozelo. Sammy Ameobi, que veio de empréstimo junto ao Newcaste, formará o ataque com Alex Revell.

Os torcedores

Tom e Rufus Brevett

Finalizando nosso especial ouvindo alguns cottagers britânicos para 2015/16, conversamos com Paul Murphy e Tom O'Sullivan, que está otimista. "Acredito nos playoffs. Com algumas novidades, nós vamos ter um plantel muito forte, mas jovem, então por isso eu não espero a promoção automática", garante Tom.

O jovem também não tem dúvidas ao responder qual o jogo mais enigmático do Fulham que já viu. "Uma resposta comum, imagino, mas sem dúvida a vitória sobre a Juventus é o melhor jogo da história do clube. O resultado, a atmosfera e, obviamente, jogar com a Juventus. Após o gol de Dempsey, o Hammersmith End enlouqueceu!" 

Por sua vez, Murphy viaja um pouco mais no tempo para relembrar de seu jogo mais marcante. "Tenho muitas memórias felizes com a campanha europeia de 2010, com a permanência na Premier League em Portsmouth (2008), mas algo que está vivo ainda é a vitória sobre o Manchester United, no Old Trafford, por 3 a 1 (em 2003). O Manchester foi campeão, e aquele foi um grande dia do início ao fim", recorda.

Para a temporada que está por começar, Murphy espera ainda mais investimento de Kit Symons. "Com a orientação de Mike Riggs (diretor) e um bom assistente, Kit pode fazer bem. Um bom começo de temporada é muito importante", ressalta.

Fotos: divulgação e Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário