Sub-20: Hyndman e EUA nas quartas


Emerson Hyndman teve uma participação vital no jogo que colocou os Estados Unidos nas quartas-de-final do Mundial sub-20, na Nova Zelândia. O meia cottager, capitão do time norte-americano, deu o toque que originou o gol da vitória sobre a Colômbia por 1 a 0, na última madrugada.

Hyndman, conhecido como Emmo, participou do lance do gol aos 13 minutos do segundo tempo. Ele desviou de cabeça a bola para Paul Arriola, que arriscou o chute; a bola desviou na zaga e sobrou para Rubio Rubin, que mandou um chutaço e marcou o primeiro - e único - gol da partida válida pelas oitavas-de-final.

Os colombianos tiveram uma chance de ouro de empatar faltando dez minutos para o final. Kellyn Acosta derrubou Rodin Quiñones na área, cometeu pênalti, levou o segundo amarelo e acabou expulso. Porém, na cobrança, Zack Steffen defendeu o chute de Junior Barrera. E os americanos avançaram mesmo com o sufoco sul-americano nos minutos finais.

Emocionante também foi a classificação da Sérvia, próxima adversária dos EUA. Os europeus empataram com a Hungria em 1 a 1 graças a um gol já nos acréscimos, e depois viraram faltando dois minutos para o fim da prorrogação - com um gol contra incrível dos húngaros. Americanos e sérvios se enfrentam pelas quartas-de-final no domingo, em Auckland.


Fotos: FIFA e Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário