Mais um gol de Hyndman e EUA classificados


Emerson Hyndman está mesmo sendo o protagonista que a comissão técnica dos Estados Unidos esperava que ele fosse no Mundial sub-20. Com a braçadeira de capitão, o meia cottager marcou seu segundo gol em dois jogos no torneio e ajudou a equipe a garantir vaga antecipada para as oitavas-de-final. Em contrapartida, Tiago Casasola viu, do banco, a Argentina decepcionar e ficar a perigo.

Começamos com Hyndman. Emmo cobrou o escanteio que originou o primeiro gol dos EUA sobre a anfitriã Nova Zelândia, pelo grupo A. Rubio Rubin abriu a contagem. Aos 33 minutos, Emmo mostrou oportunismo ao pegar a sobra do goleiro Oliver Sail e ampliar o placar.

Na etapa final, os americanos fizeram mais dois gols, e o placar encerrou em 4 a 0. Com seis pontos, os EUA vão encerrar sua participação na primeira fase contra a Ucrânia, que arrasou Mianmar por 6 a 0. Ucranianos e neozelandeses vão disputar a segunda vaga - embora, caso vença, a Ucrânia termina a chave em primeiro lugar.

Se a fase americana é boa, a da Argentina... os Hermanos perderam para Gana por 3 a 2 e estão muito próximos de serem eliminados precocemente, com apenas um ponto ganho em duas rodadas. O zagueiro cottager Tiago Casasola ficou no banco o jogo todo, em que os ganeses chegaram a abrir 3 a 0.

Na rodada final, a Argentina, maior campeã do Mundial sub-20, com seis conquistas, terá de vencer a Áustria e ainda contar com resultados paralelos para avançar, nem que seja como uma das melhores terceiras colocadas.

Foto: FIFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário