Euro sub-21: Christensen vai às semis


O volante Lasse Christensen é o jogador do Fulham que tem algo a comemorar após os jogos da última rodada da fase de grupos da Eurocopa sub-21, na República Tcheca. O dinamarquês entrou no segundo tempo da vitória dos escandinavos sobre a Sérvia, que garantiu a equipe nas semifinais. Já o goleiro Marcus Bettinelli viu, do banco de reservas, a Inglaterra ser atropelada pela Itália e cair precocemente no torneio.

Christensen contra os tchecos, na 1ª rodada
Na última terça, Christensen começou no banco e entrou aos 21 minutos da etapa final, quando os dinamarquês já faziam o placar de 2 a 0 (gols de Falk e Fischer), que permaneceria até o final. Assim, o time chegou a seis pontos e terminou na liderança do grupo A, um ponto acima dos também classificados alemães.

Nas semifinais, sábado, em Praga, um clássico escandinavo definirá o segundo finalista: Dinamarca contra Suécia. Portugal e Alemanha, que se esperavam fazer a decisão, farão a primeira semifinal, mais cedo também no sábado. Os dinamarqueses buscam alcançar sua primeira final, nesta que é a 20ª edição da Euro sub-21.

Na quarta, os Young Lions decepcionaram ante a jovem Azzurra, no grupo B. Precisando vencer para seguir com chances, os ingleses viram a Itália abrir 2 a 0 em menos de meia hora, com gols de Belotti e Benassi. Kane e Redmond, as esperanças ingleses, pouco fizeram. Na etapa final, Benassi ainda fez 3 a 0, antes de, nos acréscimos, Redmond descontar e fechar a conta em 3 a 1 para os italianos.

Portugal, que empatou em 1 a 1 com a Suécia, terminou a chave na liderança, com cinco pontos. Logo atrás ficou a Suécia, que superou a Itália pelo critério de confronto direto. Os ingleses terminaram na última posição, com três pontos.

Fotos: UEFA e Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário