Euro sub-21: 50% de aproveitamento nas estreias


Emoções bem distintas envolveram os dois cottagers que estão disputando a Eurocopa sub-21, que começou nesta quinta-feira, na República Tcheca. O dinamarquês Lasse Christensen entrou ainda no primeiro tempo e ajudou sua seleção a bater os donos da casa de virada. Já Marcus Bettinelli viu do banco de reservas sua Inglaterra começar com derrota ante Portugal.

Christensen entrou aos 25 minutos, no lugar de Sorensen. Ele não deu sorte no começo. Dez minutos depois, Kaderabek fez linda jogada individual, cortou a marcação e mandou um belo chute para abrir o placar para os anfitriões tchecos.

Na etapa final, o empate da Dinamarca chegou com dez minutos. Knudsen cruzou da esquerda e Vestergaard cabeceou com precisão, 1 a 1. E, faltando oito minutos pro fim do tempo regulamentar, Sisto aproveitou lance confuso na área e determinou 2 a 1 para os escandinavos. Assim, a Dinamarca largou na liderança do grupo A, já que Alemanha e Sérvia empataram por 1 a 1.

Decepção inglesa após estreia com derrota
Nesta quinta, a Inglaterra estreou de forma decepcionante para quem tem nomes promissores como Redmon, Ward-Prowse e especialmente Kane. O goleiro Bettinelli ficou no banco de Butland, e viu os Young Lions levarem 1 a 0 de Portugal, pela chave B.

Num jogo bastante equilibrado, com 52% de posse de pros tugas, mas mais finalizações inglesas - 20 a 18 -, o único gol veio aos 12 minutos do segundo tempo. Após erro da defesa da Inglaterra, Bernardo Silva acertou o travessão; na sobra, João Mário anotou 1 a 0.

No sábado, Christensen e a Dinamarca voltam a campo contra a Alemanha, podendo garantirem vaga antecipada às semifinais. Domingo, os ingleses tentam recuperação contra a Suécia.

Fotos: UEFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário