Preview: Fulham - Wigan


De volta a campo pela Championship, o Fulham recebe o Wigan, em Craven Cottage, nesta sexta-feira (10), às 16h (horário de Brasília), para tentar ficar ainda mais longe da zona de rebaixamento.

FULHAM

E justamente a fuga da zona de rebaixamento em definitivo é a principal busca dos cottagers nesta sexta. Ocupando hoje a 20ª colocação na tabela, o time está há oito pontos do Millwall, primeiro time da zona de rebaixamento (que por sua vez, tem um jogo a menos e essa diferença pode cair pra cinco). Uma vitória diante do Wigan pode manter uma diferença de cinco pontos, na pior das hipóteses - ou seja, contando com vitória do Millwall -, faltando quatro rodadas para o fim. Matematicamente ainda não seria a fuga completa, mas diante da fragilidade dos times nesta posição as últimas rodadas seriam um pouco mais tranquila (na teoria, claro).

Scott Parker (8) provavelmente estará em campo
O treinador Kit Symons disse, em sua coletiva pré-jogo, que a única baixa para o duelo é Danny Guthrie, que sentiu dores na panturrilha no jogo contra o Charlton. Contudo, há dúvidas na escalação em outros os setores da equipe. Os laterais Jack Grimmer e Jazz Richards voltaram a treinar depois de finalizar as recuperações de lesões no joelho e na panturrilha, respectivamente. O zagueiro Nikolay Bodurov, que sofreu pancada no jogo contra o Brentford, ainda é dúvida. Lasse Vigen Christensen e George Willians continuam fora por lesões.

Rodallega, hoje no Fulham, já jogou no Wigan
O técnico ressaltou que a equipe tem outro jogo muito importante na próxima quarta, contra o Rotherham, e não quer perder jogadores por forçá-los demais. Portanto, a escalação desses jogadores ainda é incerta, ou até improvável.

Contudo, há boas notícias: Scott Parker treinou e está na seleção dos jogadores para partida. Parker vinha de lesão antes de retornar no último jogo, por isso ainda havia dúvida se ele tinha condições de atuar. O zagueiro Shaun Hutchinson cumpriu o prazo de suspensão por expulsão contra o Huddersfield e está à disposição, assim como Moussa Dembele, recuperado de tendinite.

WIGAN

Wigan era campeão da FA Cup há pouco menos de dois anos
O Wigan Atlhetic, que há dois anos foi campeão da FA Cup diante do Manchester City, hoje trava uma luta difícil contra o rebaixamento. A equipe ocupa a 23ª colocação, também conhecida como penúltima, com oito pontos de distância do Rotherham, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Além da situação complicada, os Latics demitiram o treinador Malky Mackay, que saiu para a entrada de Gary Caldwell, ex-zagueiro do clube, que estará fazendo sua estreia como treinador profissional nesta sexta-feira. Como se não bastasse toda essa situação adversa, a lista de desfalques para esta partida é grande: Grant Holt, lesão no joelho, Emyr Huws, lesão no tornozelo e Don Cowie, com lesão no tendão.

RETROSPECTO
Na temporada 2009/2010, Fulham ganhou de virada
O Fulham tem um tabu a ser mantido: desde 2006, não perde para o Wigan. Foram 14 partidas, com seis vitórias e oito empates. Além disso, em Craven Cottage os londrinos perderam apenas duas vezes.

Na última partida, válida pelo primeiro turno, o jogo foi cheio de gols e terminou em 3 a 3. Relembre aqui. No confronto geral, 43 jogos, 18 vitórias Cottagers, dez dos Latics e 15 empates. Em 2009/10, os Whites bateram o Wigan de virada. Confira:


Nenhum comentário:

Postar um comentário