Mais uma vergonha em casa


Pela terceira rodada consecutiva como mandante, o Fulham saiu de Craven Cottage com um saco de gols nas costas. Depois de levar 5 a 1 do Bournemouth e 3 a 0 do Leeds, dessa vez foi o Brentford quem goleou os Whites em seu próprio campo, vencendo por fáceis 4 a 1, nesta sexta-feira de Páscoa, e deixando os Cottagers há sete pontos da zona de rebaixamento - já que o Millwall venceu seu jogo.

Kit Symons promoveu alterações na escalação, o que, no fim das contas, não mudou a incrível deficiência defensiva da equipe. O técnico promoveu a estreia do lateral-esquerdo Jim Husband e do meia Danny Guthrie, além de perder, de última hora, o volante Scott Parker, vetado por lesão.

Goleiro Button (D) salvou o Brentford em algumas ocasiões
Os Whites começaram em ritmo lento. O que levantou a torcida foi um pedido de pênalti em Cauley Woodrow aos 13 minutos, negado pela arbitragem, e outro chute que o goleiro Button fez ótima defesa na sequência. Ficou pior aos 24 minutos, quando a segunda pior defesa da liga mostrou o porquê de ter números tão ruins: após lance na linha de fundo, Dallas apareceu sem marcação para finalizar a abrir o placar para os Bees, 1 a 0.

Mesmo com a desvantagem, o Fulham não tinha poder de reação. Voltou do intervalo com uma mudança de seis por meia dúzia (Jack Grimmer saiu e Tim Hoogland entrou), e pouca coisa se alterou. Na verdade, a situação se agravou aos 13 minutos, quando Dallas, de novo, acertou um chute potente de longe e anotou 2 a 0. Na sequência, suspiro para os mandantes. Husband foi derrubado na área, pênalti cobrado e convertido pelo capitão Ross McCormack.

McCormack voltou ao time com gol, mas não foi o bastante
Foi o melhor momento do time. Os Cottagers pressionaram em busca do empate, já com Matt Smith (que, inexplicavelmente, começou no banco) em campo, mas o centroavante, na chance que teve, parou no reflexo do goleiro Button. Já na reta final, mais um pedido de pênalti do Fulham, com o próprio Smith derrubado na área.

O árbitro não marcou, os Whites se abateram e os Bees fizeram da vitória goleada nos acréscimos. Aos 45, em ótima cobrança de falta, Judge marcou 3 a 1. E, aos 47, Jota encerrou o placar com o quarto gol dos visitantes.

Assim, o Fulham chegou à incrível marca de 72 gols sofridos em 40 jogos, melhor apenas que o Blackpool, que tomou 78 em 39 rodadas. Com 43 pontos, os londrinos, ainda no 20º lugar, têm sete a mais que o Millwall. Na próxima terça, mais um dérbi aguarda os Whites: o Charlton, no estádio The Valley.

Fulham: Bettinelli; Grimmer (Hoogland), Bodurov, Turner e Husband; Guthrie, Fofana, Tunnicliffe e Kacaniklic (Kavanagh); Woodrow (Smith) e McCormack.
Brentford: Button; Odubajo, Dean, Tarkowski e Bidwell; Diagouraga, Douglas, Jota, Pritchard (Judge) e Dallas (T. Smith); Gray (Long).

Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário