Vexame em data marcante para os fãs cottagers


Em 18 de março de 2010, o Fulham goleou a Juventus por 4 a 1, com um show de Clint Dempsey, e avançou às quartas-de-final da Liga Europa. Cinco anos é muito tempo no futebol. Na última quarta, 18 de março de 2015, o Fulham levou 3 a 0 do Leeds, no mesmo Craven Cottage, e caiu para o 21º lugar na Championship, a seis pontos da zona de rebaixamento. Numa atuação desastrosa (especialmente) de Kostas Stafylidis.

Com isso, os Whites, sob o comando de Kit Symons, têm 21 derrotas somando todas as competições na temporada - com três vitórias em 19 jogos desde o Boxing Day. Contra o Leeds, duas novidades na escalação: o zagueiro Michael Turner estreou em casa, enquanto o meia Bryan Ruiz voltou de lesão e foi titular.

Apesar do placar terrivelmente adverso diante de um rival que faz campanha apenas modesta na Champ, o Fulham pressionou em todo o primeiro tempo. Sem sucesso. Ross McCormack e Ruiz testaram os reflexos do goleiro Silvestri no começo do duelo. O arqueiro visitante seguiu em ótimo momento, negando o gol em uma cabeçada de Matt Smith. Ele mandou para escanteio e, na cobrança direta de Ruiz, a bola estourou no travessão.

Tamanha pressão infrutífera só poderia render uma coisa: gol do Leeds. Aos 40, Byram aproveitou cruzamento da esquerda, pulou mais que Stafylidis e mandou no canto direito de Marcus Bettinelli. Podia ficar pior? Claro que sim. Aos três da etapa final, em escanteio da direita, Sol Bamba, livre de marcação, cabeceou e anotou 2 a 0.

Decepção  do expulso Stafylidis
Neste momento, o Fulham apagou completamente. Reflexo disso foi Stafylidis. O lateral discutiu com a arbitragem aos seis minutos e levou amarelo; deu uma chegada forte no adversário aos sete e acabou expulso.

A sorte também não estava com os londrinos, pois duas chances claras foram desperdiçadas na sequência. Primeiro Ryan Tunnicliffe finalizou para ótima defesa de Silvestri, e depois Shaun Hutchinson cabeceou no pé da trave. Gol mesmo só do Leeds, aos 43, quando Byram chutou cruzado, Bettinelli deu rebote pro meio da área e Antenucci mandou pro gol, 3 a 0. Fim de um jogo melancólico.

Ruiz voltou, mas teve atuação apagada
O time voltou ao 21º lugar, e a diferença de pontos para a zona de rebaixamento não aumentou apenas pelo tropeço do Wigan. Os números dos Whites, porém, são de rebaixado. São 20 derrotas em 38 partidas na liga, e incríveis 68 gols sofridos - só o Blackpool tomou mais. No sábado, os Cottagers visitam o Huddersfield, atual 17º. Como o Wigan recebe o Bolton em confronto direto contra o descenso, é bom que o time de Kit Symons obtenha um bom resultado.

Fulham: Bettinelli; Richards, Turner, Hutchinson e Stafylidis; Parker, Hoogland, Tunnicliffe e Ruiz (Kacaniklic); Smith e McCormack (Fofana).
Leeds: Silvestri; Berardi, Bellusci, Bamba e Wootton; Taylor, Byram, Murphy e Mowatt (Antenucci); Cook e Sharp (Morison).



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário