Repercussões: Fulham 2-0 Derby County



O técnico Kit Symons acredita que o nível de desempenho do Fulham na vitória por 2 a 0 sobre o Derby County, sábado passado, prova que os Whites são capazes de bater qualquer equipe na divisão. Nikolay Bodurov e Cauley Woodrow, ainda no primeiro tempo, colocaram os londrinos em vantagem. E Symons, por sua vez, assistiu confortavelmente o jogo que teve uma grande exibição defensiva do Fulham.

Depois de bater os líderes da Championship de uma forma tão convincente, praticamente sem sofrer chances claras de gol, nosso manager se mostrou muito feliz com a performance do time.

"É sempre bom conseguir uma vitória, mas é especialmente agradável quando é contra o líder da tabela e da maneira como nós conseguimos isso", disse Symons. "São apenas três pontos, mas foram grandes três pontos, se observarmos contra quem era e como nós o fizemos. Eu penso que foi um jogo de tudo ou nada".

"Estávamos muito concentrados na marcação, de modo que estávamos fortes. A força de trabalho foi excelente, marcando desde a frente até mais atrás. Nós os pressionamos no meio-campo porque sabíamos que tínhamos que fazer isso".

Nas próximas rodadas, o Fulham enfrentará jogos contra o quarto colocado Watford, fora de casa na terça-feira, e em casa contra o Bournemouth na sexta-feira. E após vencer o líder, Symons reitera que a confiança do time estará em alta .

"É uma sequência muito dura de jogos, e este era, obviamente, um dos jogos mais difíceis. Sair com um resultado positivo, é bom para a confiança de todos. Podemos ir e vencer qualquer um, nós podemos fazê-lo. Mas poder fazer e conseguir fazer, são duas coisas diferentes".


Symons estava cheio de elogios para o retorno do volante Scott Parker para a equipe. O capitão estava inspirado e teve, provavelmente, a melhor atuação da temporada, controlando o meio-campo do Fulham e ditando o ritmo da pressão no meio-campo, que foi  fundamental para a vitória.

"Scott foi excelente", disse Symons. "Ele sofreu uma pancada pouco antes do intervalo. Era tocar e ir se ele era capaz de ir no segundo tempo, mas eu não acho que isso tenha o impedido de atuar segunda metade do jogo, sendo que ele saiu após promover uma verdadeira mudança na atuação do time. "

Kit Symons foi forçado a substituir Lasse Vigen Christensen aos 43 minutos e obviamente esperará o resultado dos exames para descobrir a gravidade de seu problema no tendão.

"Saberemos mais amanhã. Ele entrou e parece que ele está com um problema no tendão da perna ", acrescentou o técnico. "Ele nunca teve uma lesão muscular em toda a sua carreira. Mas ele se recuperou bem da lesão anterior e agora foi na outra perna, por isso é apenas mais uma daquelas preocupações. Nós vamos avaliá-lo e ver como ele está".

Nenhum comentário:

Postar um comentário