Preview: Millwall - Fulham


Seis jogos sem vencer, cinco pontos acima da zona de rebaixamento e com um adversário direto fora de casa pela frente, o Fulham terá vários desafios neste sábado, na 32ª rodada da Championship. No estádio The Den, o time de Kit Symons pega o Millwall, o primeiro dentro do Z3, em um dérbi londrino marcado pela luta para se afastar do perigo da League One. O jogo começa às 13h (de Brasília).

Para a partida, Symons terá a volta do meia Bryan Ruiz, recuperado de uma virose, e do zagueiro Shaun Hutchinson, que melhorou de uma pancada na cabeça. O primeiro apresentou problemas de saúde no começo da semana, mas treinou na última quinta e está pronto para o confronto.

Para Parker (E), time precisa jogar feio
Os defensores Tim Hoogland e Fernando Amorebieta seguem ausentes, mas próximos de um retorno. Ambos vêm participando de jogos do time sub-21 nas últimas semanas.

Com apenas cinco pontos separando Millwall e Fulham na tabela, o time precisará de um bom resultado para seguir respirando. E, para isso, é bom o time deixar de ser ingênuo. Palavras do capitão Scott Parker: "Temos a bola no chão, jogamos bem, mas somos batidos. Temos de jogar feio porque é isso que você tem que fazer para ganhar jogos neste campeonato".

No primeiro turno, Rodallega (E) passou em branco
A presença na zona de rebaixamento e o mau retrospecto como mandante pode ser determinante para um início de jogo nervoso por parte dos Lions. Essa é a visão de Symons. "É provável que eles comecem bastante nervosos. O retrospecto deles em casa não é bom. Acho que perderam quatro e empataram dois dos últimos seis jogos em casa, e por isso acho que irão tomar a iniciativa. Temos de ser positivos e tentar comandar o placar", comentou.

Por sinal, a tabela é algo que preocupa os fãs cottagers. Há seis jogos sem vitória, o time pega o Millwall agora, e depois Derby County, Bournemouth e Watford, três concorrentes às vagas na Premier League na próxima temporada. "É uma sequência difícil de jogos, mas estou mais do que confiante de que podemos passar por isso com um número digno de pontos. Duas vitórias sem série agora seriam muito bem-vindas", projetou.

Fulham e Millwall se enfrentaram na segunda rodada desta Champ. Os Whites, ainda com Felix Magath, foram derrotados por 1 a 0. Relembre os lances aqui. Curiosamente, 30 rodadas depois, apenas cinco jogadores que começaram aquela partida seguem atuando regularmente: Kostas Stafylidis, Scott Parker, Nikolay Bodurov, Lasse Christensen e Hugo Rodallega. Na história dos confrontos, pequena vantagem cottager, com 15 vitórias, 12 derrotas e dez empates.

Sub-21 faz bonito - Se o time principal vem fazendo os torcedores sofrerem nos últimos dois anos, o sub-21 vem fazendo ótima campanha na Copa Internacional Premier League da categoria, torneio envolvendo clubes ingleses e de outros países na terra da rainha. Na última quinta, a equipe treinada por Peter Grant venceu o Chelsea por 4 a 3, fora de casa, e garantiu vaga nas semifinais.

Moussa Dembele abriu o placar pros Cottagers aos dois minutos, depois de receber de Jordan Evans. Os Blues empataram de pênalti aos 13, mas, na saída de bola, Dembele aproveitou bobeira da zaga e tocou para Patrick Roberts marcar. O time local empatou de novo aos 33 e virou aos oito da etapa final, 3 a 2.

Porém, os Whites não se deram por vencidos e empataram de novo aos 22, com um gol contra de Suljic. E, aos 38, Evans cobrou escanteio, Hoogland escorou e Adam Taggart marcou o gol da vitória, 4 a 3. O adversário na semifinal será conhecido após sorteio e o jogo acontecerá em março.



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário