Repercussões: Fulham 0-2 Brighton + Preview: Fulham - Wolves


Na última segunda-feira, o Fulham recebeu o Brighton, time que ocupava a zona de rebaixamento da Championship até então, e perdeu por 2 a 0, com gols marcados por Colunga e March.

A imprensa repercutiu que após. o péssimo começo de campanha do Fulham, a equipe estava se recuperando no comando de Kit Symons, porém, a derrota foi a segunda nos últimos quatro dias. Alguns veículos de comunicação destacaram o reencontro de David Stockdale com o antigo clube.



O treinador se mostrou muito chateado com o resultado: "Eu fiquei muito desapontado. Foi um primeiro tempo muito pobre. Nós tivemos um pouco de iniciativa, mas não fomos bem o suficiente esta noite, a qualidade não estava lá, então, foi bem decepcionante".

Symons também não colocou a culpa na maratona de jogos no final e começo do ano: "A preparação foi boa. Nós tivemos um dia extra pra nós recuperarmos em comparação com muitos times, então a qualidade deveria estar ali, então não há desculpas realmente.
"Tive.os algumas chances, mas não chutes ao gol o bastante para mim, mas tivemos algumas boas oportunidades. Mas no geral, nós não jogamos bem", completou o técnico.



O comandante cottager lembrou que a dificuldade na criatividade passou pelas más condições físicas de dois importantes jogadores cottagers: "Lasse (Christensen) teve contra o Bournemouth uma contusão no tendão, então ele não estava tão mal, mas mal o bastante para estar fora do jogo, infelizmente".

O manager comentou ainda a situação de Bryan Ruiz: "Bryan teve um teste físico próximo ao jogo e não estava totalmente bem, então não começamos com ele", completou Symons, que acredita que Christensen não estará em campo contra os Wolves no próximo compromisso deste sábado (3). Porém, Ruiz tem boas chances de estar em campo.

PREVIEW: Fulham - Wolverhampton 



Este sábado é dia de FA Cup. A competição mais antiga e uma das mais tradicionais da Inglaterra terá sua terceira rodada neste terceiro dia do ano. O Fuham recebe em Craven Cottage o Wolverhampton, às 13h, horário de Brasília.

FULHAM
Depois de duas derrotas seguidas na Championship, o Fulham espera voltar ao caminhos das vitórias neste novo ano. E nada melhor do que uma nova competição para dar novo ânimo para a equipe. Essa é estreia do time na competição, pois só nessa fase em que as equipes da Championship e da Premier League entram na competição.



Kit Symons tem boas novidades para a partida contra os Wolves. Bryan Ruiz, desfalque no último jogo, já está em plenas condições físicas e vem para o jogo. Lasse Christensen, que também não participou do jogo contra o Brighton, teve uma recuperação até inacreditável, segundo o próprio Symons, e estará no elenco que vai para o jogo.

Outras boas novas chegaram em Craven Cottage: Ryan Tunnicliffe voltou de empréstimo do Blackburn, assim como Alex Kacaniklic voltou do Copenhagen, além do jovem atacante Moussa Dembele ter renovado seu vínculo com os Whites até metade de 2016.

As baixas continuam sendo Tim Hoogland e Fernando Amorebieta. Tunnicliffe ainda não poderá atuar por conta da não inscrição na competição 

WOLVERHAMPTON


Os Wolves vão a Londres com algumas baixas: o meia escocês Kevin McDonald está fora da partida por suspensão, além de Scott Goulbourne, com séeria contusão no pé. Bakary Sacko estará no jogo antes de servir a seleção de Mali na Copa Africana de Nações. E o também atacante Danny Graham volta de empréstimo junto ao Sunderland e poderá estar em campo.

Os Wolves vêm de vitória na Championship frente ao Brentford, e está há apenas três pontos da zona dos play offs de acesso.

RETROSPECTO
Fulham e Wolverhampton se enfrentaram nesta temporada pela Championship, e deu Wolves: 1 a 0 em Craven Cottage, com gol de Sako. Contudo, no último jogo eliminatório entre as equipes, pela Copa da Liga Inglesa em 2000, o Fulham venceu por 3 a 2. No total de 78 partidas, o Fulham venceu 22 jogos, perdeu 36 e empatou outros 20.

Nenhum comentário:

Postar um comentário