Preview: Fulham - Reading


Depois de um emocionante e tenso jogo em Wolverhampton, pela Copa da Inglaterra, o Fulham se volta à Championship, onde vem de três derrotas consecutivas sem sequer marcar gols. O time recebe o Reading, no Craven Cottage, às 13h (de Brasília), em um confronto direto entre equipes na metade baixa da tabela.

Enquanto os Cottagers aparecem no 18º lugar, com 28 pontos, os Royals estão uma posição acima, e com dois pontos a mais. Jogo importante para manter afastado o risco de rebaixamento à League One.

Em sua entrevista pré-jogo, Kit Symons revelou detalhes para esse e para os próximos jogos da equipe na temporada. Visando o Reading, o técnico seguirá sem Lasse Christensen, lesionado no tendão e desfalque já nas últimas partidas. Bryan Ruiz, também lesionado e fora dos jogos recentes, pode retornar aos titulares, enquanto que Alex Kacaniklic e Ryan Tunnicliffe, que ficaram de fora do jogo pela FA Cup, voltam a ficar à disposição.

"Temos de começar a vencer jogos da liga, não tenho ilusões quanto a isso. Temos de dar o nosso melhor no sábado", comentou Symons, antes de completar: "Se jogarmos o melhor de nosso desempenho amanhã, tenho confiança de que venceremos".

O treinador confirmou também que o Fulham está atento à janela de transferências, aberta até o fim deste mês. "Estamos em discussões com alguns clubes sobre alguns jogadores", revelou.

Pelo lado visitante, uma cara velha estará disponível para jogar em sua velha casa. Trata-se do atacante russo Pavel Pogrebnyak, que está de volta de lesão e pode encarar o time que defendeu em 2012, tendo marcado seis gols em 12 jogos.

Se ele está de volta, o técnico Steve Clarke tem duas dúvidas para o jogo em Londres. Tratam-se do meia Hope Akpan, com um problema no ombro, e do defensor Anton Ferdinand, lesionado na panturrilha.

Em 2008, Brian McBride marcou e o Fulham venceu em Reading
Pelo retrospecto recente, o Fulham não teve muito o que comemorar diante do Reading. São três jogos sem vitória, ou seja, desde 2008, quando os Whites fizeram 2 a 0 no estádio Madejski e escaparam do rebaixamento na última rodada. No Craven Cottage, os Royals veneram dois dos últimos três confrontos. No primeiro turno, em Reading, o time local aplicou sonoros 3 a 0 no time até então comandado por Felix Magath.

Após a empolgante vitória nos pênaltis sobre os Wolves, a expectativa é pela volta dos bons resultados na Champ. Os londrinos não vencem na liga desde 20 de dezembro, quando atropelaram o Sheffield Wednesday por 4 a 0, também em casa. Hora de este jejum acabar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário