Preview: Fulham - Nottingham Forest


Nesta quarta-feira o desafio do Fulham é contra o Nottingham Forest, às 17h45min (de Brasília) no Craven Cottage, em jogo válido pela Championship. Na busca por subir na tabela, e se afastar da zona de rebaixamento, só a vitória interessa aos cottagers.

A principal preocupação do Fulham, por coincidência ou não, está longe de ser somente o ataque do Forest: após três jogos em 12 dias, é provável que jogadores mais experientes, tal como Scott Parker, de 34 anos, necessitem de um descanso maior para evitar lesões.

A novidade será a volta de Bryan Ruiz ao time titular. O costarriquenho marcou o gol da vitória diante do Reading, no final de semana passado, e deve ganhar nova chance entre os 11 iniciais.

Por outro lado, o lateral-esquerdo Sean Kavanagh, que nesta semana renovou contrato até junho de 2018, sofreu uma lesão no joelho durante um treino e virou dúvida para a partida desta quarta. As ausências certas são Adam Taggart, Tim Hoogland e Fernando Amorebieta.

Pearce como jogador do Forest
Do outro lado, o técnico Stuart Pearce foi lateral-esquerdo e capitão do Nottingham Forest, e agora tenta recuperar o prestígio do clube no futebol da terra da Rainha. Foram 12 anos vestindo a camisa dos Reds, atuando em 401 jogos e marcando 63 gols, resultados que o levaram ao English Team na Copa do Mundo de 1990 e às Eurocopas de 1992 e 1996.

Porém, desta vez Pearce não poderá contar com o experiente meio-campo Andy Reid, que está com uma séria lesão na virilha e terá que passar por uma cirurgia. Além de Reid fora, o treinador tem outros problemas, todos por lesão: Mancienne, Fryatt, Blackstock e Fox são dúvidas.


Jogando em Londres, os Whites têm um bom retrospecto recente contra o Forest. São seis partidas já sem derrota no confronto - o último revés foi em 1975, por 1 a 0. Porém, no primeiro turno, em Nottingham, o time vermelho venceu por 5 a 3 e manteve a liderança na ocasião, antes de iniciar uma derrocada que o colocou atualmente no meio da tabela. - sábado passado, o triunfo em Derby foi o primeiro em nove jogos. 

Por sinal, aquele 5 a 3 no primeiro turno foi o último jogo de Felix Magath no comando do Fulham. O time de Kit Symons se recuperou na rodada passada, vencendo o Reading e quebrando uma série de quatro jogos sem vencer. Para seguir longe da zona de rebaixamento, uma segunda vitória seguida é uma ótima pedida.

Come On You Whites!

Nenhum comentário:

Postar um comentário