Show de Christensen e goleada sobre o Wednesday


Depois de levar 5 a 0 do Watford, o Fulham tinha dois jogos em sequência contra adversários diretos da metade para baixo da tabela. Precisava de duas vitórias. Contra o Leeds, um sofrido 1 a 0. No último sábado, contra o Sheffield Wednesday, veio não só o maior público no Craven Cottage nesta Championship, como também uma das melhores atuações: o elástico 4 a 0 deixou os Whites no 13º lugar, dez pontos atrás da zona de playoffs e nove acima da zona de rebaixamento.

Marcus Bettinelli e Scott Parker foram as novidades entre os titulares, de volta após suspensão e indisposição, respectivamente. Na zaga, Shaun Hutchinson, de firme atuação em Leeds, manteve a posição em detrimento a Dan Burn.

McCormack mandou no ângulo de Westwood
A superioridade dos Cottagers começou a se fazer notar aos 22 minutos. Lasse Christensen tabelou com Ross McCormack, saiu na cara do goleiro Westwood e tocou para o meio, numa tentativa de repetir a jogada que originou o gol da vitória na semana passada. Desta vez, porém, o zagueiro Leeds foi mais rápido e interceptou. Os Owls pouco ameaçaram, mas fizeram isso com Maguire, que chutou da esquina da área e testou o reflexo de Bettinelli.

Aos 35, enfim, o primeiro gol. Numa excelente cobrança de falta, McCormack mandou no ângulo de Westwood. A resposta do Wednesday quase veio com May, mas o artilheiro da equipe finalizou para ótima defesa de Betts. No finzinho do primeiro tempo, o ampliou: Bryan Ruiz cobrou falta para a área e Hutchinson escorou para marcar seu primeiro gol no time.


Hutchinson festeja seu primeiro gol no Fulham
No segundo tempo, os visitantes pouco mostraram poder de reação. Até conseguiram manter mais posse de bola, mas o goleiro Bettinelli pouco foi incomodado. E, num escanteio do Sheffield, surgiu o terceiro gol dos londrinos. Após levantamento na área, Betts tirou de soco e a bola ficou com Christensen. O dinamarquês imprimiu velocidade ao lance, enganou a marcação, rolou para Rodallegam, que devolveu de primeira; Christensen passou com habilidade por Palmer e tirou de Westwood. Golaço!

Para finalizar, já nos acréscimos, Patrick Roberts, que entrara no lugar de Ruiz, foi derrubado na área por Dielna. Cauley Woodrow, que substituíra Rodallega, marcou seu segundo gol na temporada e fechou a conta em 4 a 0.

Woodrow também debutou em gols na temporada
Com 28 pontos, o Fulham subiu uma posição na tabela, deixando para trás o próprio Sheffield. Apesar de ainda ter a pior defesa da liga, ao lado do Blackpool (39 gols), os Whites têm agora o melhor ataque da oitava posição para baixo, com 35. Poderio ofensivo que será bastante necessário para o próximo jogo: contra o líder Bournemouth, fora de casa, na próxima sexta-feira.

Fulham: Bettinelli; Grimmer, Bodurov, Hutchinson e Stafylidis; Parker, Christensen, Fofana (Williams) e Ruiz (Roberts); Rodallega (Woodrow) e McCormack.
Sheff Wed: Westwood; Palmer, Lees, Loovens (Dielna) e Mattock (Drenthe); Semedo, Lee (Nuhiu), McGugan, Helan e Maguire; May.



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário