Repercussões: Fulham 4-0 Sheff Wed


O melhor presente de Natal possível. Assim foi o último jogo do Fulham antes de 25 de dezembro: uma goleada por 4 a 0 sobre o Sheffield Wednesday, confirmando a segunda vitória seguida (e sem levar gols), o 13º posto na tabela e um bom momento para desafiar o líder Bournemouth, fora de casa, na próxima sexta.

Como não poderia deixar de ser, o técnico Kit Symons mostrou-se muito feliz com o futebol apresentado ante os Owls. "Estou muito, muito satisfeito com o resultado e com o desempenho. Hoje (sábado) começamos o jogo muito bem, o que não vínhamos fazendo ultimamente. Dois clean sheets seguidos nós agrada muito. Com a qualidade deste grupo de jogadores, sempre vamos marcar gols", destacou o galês.


Symons: duas vitórias seguidas na liga
O treinador, porém, admitiu que "a defesa do time não tem sido tão boa quanto deveria ser" ao longo da atual temporada, "mas agora são dois clean sheets consecutivos, o que me agrada e nos dá força para seguir em frente e vencer os jogos".

O autor do gol mais bonito da noite, Lasse Christensen, também destacou o "agradável presente aos fãs". O golaço, que pôs 3 a 0 no placar, foi explicado pelo dinamarquês: "Eu peguei a bola e estava olhando para quem passar, mas, de repente, todos correram para os lados e deixaram o campo aberto para mim. Continuei indo. Toquei para Hugo (Rodallega), ele me devolveu um passe fantástico e o caminho se abriu para mim novamente".



Christensen, de apenas 20 anos, vem se revelando um dos principais nomes da temporada. "Eu não posso reclamar. Realmente não esperava nada em termos de gols e assistências, mas é uma daquelas coisas que aconteceram", relatou.

Após o jogo, Kit Symons aproveitou para rechaçar algumas especulações que rondaram Craven Cottage nos últimos dias. O técnico confirmou que não há pressão nenhuma para vender jogadores em janeiro, como foi reportado em possíveis saídas de Bryan Ruiz, Patrick Roberts e Ross McCormack.

Se não há pressa para vender, pode haver necessidade de comprar. "Nós estamos olhando a janela de janeiro, que é notoriamente complicada, mas se o jogador certo pelo preço certo estiver disponível, então ótimo", ressaltou. "No entanto, muitas vezes, pode haver um pouco de 'pânico' neste mercado, e não quero ir por esse caminho".

Fotos: Get West London

Nenhum comentário:

Postar um comentário