Internacionais Cottagers: bom resultado para Gales


Entre sábado e domingo, nenhum Cottager saboreou uma vitória em jogos de suas seleções pelas eliminatórias da Eurocopa. Mesmo assim, pelo menos um deles tem motivos para manter o alto astral: George Williams, de Gales, que arrancou um precioso empate na casa da Bélgica para se manter entre os primeiros em sua chave.

Em jogo válido pelo grupo B, a Bélgica pressionou, mas, mesmo com o maciço apoio de seu torcedor em Bruxelas, não conseguiu furar o bom bloqueio defensivo galês. Os visitantes, por sua vez, tiveram oportunidades boas com Bale, mas não aproveitaram. Assim, o 0 a 0 não saiu do placar. Williams começou no banco e jogou todo o segundo tempo - e se envolveu num lance que assustou os torcedores. Ele se chocou com o meia Mertens, que acabou desacordado e levado ao hospital, mas passa bem.

Gales acabou perdendo a liderança da chave para Israel, mas se mantém num ótimo segundo lugar, com oito pontos. E é justamente contra os israelenses que Gales volta a jogar, fora de casa, em março do ano que vem.

A Bulgária decepcionou em Sofia. Pelo grupo H, o time não passou de um empate por 1 a 1 contra Malta, em Sofia. Nikolay Bodurov teve atuação firme na zaga búlgara, que pouco foi pressionada pelos visitantes. Porém, num desses poucos ataques, Malta obteve o pênalti que ocasionou a igualdade. Nos demais lances, o goleiro maltês Hogg salvou e, quando não pegou, teve sorte: Popov isolou um pênalti faltando 15 minutos para o fim.

Pela chave G, dois Cottagers envolvidos no empate entre Montenegro e Suécia por 1 a 1. Elsad Zverotic jogou toda a partida pelos mandantes, enquanto Alex Kacaniklic não saiu do banco pelos visitantes. O resultado foi melhor pros suecos, que subiram pro segundo lugar, com seis pontos. Montenegro está em quarto, com cinco.

Na categoria sub-19, dois bons resultados para os atletas do Fulham. O goleiro Marek Rodák foi titular da Eslováquia na goleada sobre o Azerbaijão por 4 a 1, pelo grupo D das eliminatórias da Euro. Os eslovacos garantiram vaga aos play-offs rumo à fase de grupos, no ano que vem.

Mesma situação da Irlanda, de Noe Baba. O defensor foi titular no suado triunfo por 1 a 0 contra Malta, na chave F. Os irlandeses ainda têm um jogo por fazer, mas já estão garantidos no mata-mata decisivo.

Buatu (3) esteve em ação por Angola

Quem não tem motivos para estar feliz é Jonathan Buatu. O zagueiro angolano até segurou as pontas na defesa, mas o ataque de Angola não fez sua parte, a equipe empatou em 0 a 0 com o Gabão e se viu eliminada antecipadamente nas eliminatórias à Copa da África. O time cumpre tabela contra Burkina Faso, na semana que vem, pelo grupo C. Burkina tem dez pontos, seguida por Gabão (nove), Angola (cinco) e Lesoto (dois).

No Torneio sub-20 de Marbella, na Espanha, os Estados Unidos voltaram a vencer, desta vez fazendo 1 a 0 na Irlanda. Emerson Hyndman jogou a partida inteira. Em amistoso sub-21, Lasse Christensen ficou 70 minutos em campo no empate da Dinamarca em 2 a 2 contra a República Tcheca, e depois atuou em todo o primeiro tempo da vitória sobre a Itália por 1 a 0 - Marcello Trotta entrou aos 58 minutos pela Azzurra. Pelo sub-23, em um torneio amistoso disputado na China, o zagueiro Cameron Burgess foi titular em duas partidas pela Austrália. Os jovens Socceroos empataram com o Brasil (2 a 2) e perderam para a anfitriã China (3 a 1).

Marcus Bettinelli - Não terminou bem a primeira passagem do goleiro com a seleção inglesa sub-21. Depois de ficar no banco contra Portugal, em amistoso, o jovem foi cortado da relação que perdeu para a França (3 a 2), em outro amistoso, devido a uma lesão sofrida em treino. Por sinal, neste jogo contra os jovens Bleus, Cauley Woodrow não saiu do banco.

Fotos: UEFA e Reprodução/Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário