Derrota amarga nos acréscimos


De forma amarga, o Fulham viu encerrada sua série de seis rodadas de invencibilidade na Championship. O time levou 2 a 1 do Brentford, de virada, pela 18ª rodada, graças a um gol marcado no segundo minuto de acréscimo pelos Bees. Apesar do resultado ruim, os resultados paralelos ajudaram e o time seguiu em 17° lugar, mas ainda assim, um pouco mais distante do sonho de alcançar os playoffs de acesso.

Após a boa sequência de resultados, desconsiderando o péssimo empate em casa contra o Blackpool, Kit Symons mandou a campo o mesmo time que batera o Huddersfield. A dupla de ataque que ajudara a vencer na rodada anterior, Ross McCormack e Hugo Rodallega, novamente incomodaram a defesa adversária. Mas não foram eles quem ameaçaram primeiro.

Aos 11 minutos, Pritchard recebeu lançamento longo na esquerda e, sem marcação, quase abriu o placar. Elsad Zverotic interceptou o chute com um carrinho preciso e impediu o gol. Quando a defesa não salvou, Marcus Bettinelli mostrou-se ágil: fez uma bela defesa em cabeceio de Toral, e logo depois negou o gol a Judge, que cobrou uma ótima falta.

Rodallega marcou pela sétima vez na temporada
Os gols firam reservados para a etapa final. E, num lance de inteligência, o primeiro no Griffin Park foi do Fulham. O zagueiro Dean saiu jogando errado, George Williams roubou e entregou para McCormack, que serviu Rodallega: o colombiano só "cumprimentou" o goleiro Button, 1 a 0. Foi o sétimo gol do camisa 20 na temporada.

Mesmo com o time local tendo mais a bola, os Whites sabiam se defender. Bettinelli praticamente não trabalhou e, de longe, quase viu seu time ampliar. Aos 32 minutos, em ótimo contra-ataque, Thomas Eisfeld, que entrara no lugar de um apagado Bryan Ruiz, tocou para Rodallega, que chutou e forçou Button a espalmar. O castigo veio em cinco minutos: Dallas foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou, a zaga só olhou e Dean se redimiu do erro no gol dos Cottagers e deixou tudo igual.

Goleiro Button teve boa atuação, especialmente na etapa final
O pior é que o time de Symons teve a chance de vencer. Aos 45 minutos, Eisfeld recebeu de Rodallega e... chutou muito fraco, nas mãos de Button. Como quem não fez, leva, o Fulham levou logo na sequência. Em boa jogada individual, Jota cortou pro meio e, da entrada da área, arriscou; a bola desviou em Dan Burn e morreu no fundo da rede. Não houve mais tempo pra reação e o jogo acabou mesmo 2 a 1.

Reação que terá de vir na próxima rodada, novamente fora de casa. No próximo sábado (29), os Cottagers vão pegar o Brighton, que iniciou esta rodada num perigoso 20º lugar.

Brentford: Button; Odubajo, Dean, Craig e Bidwell; Douglas, Diagouraga (Jota), Judge, Toral (Dallas) e Pritchard; Gray (Proschwitz).
Fulham: Bettinelli; Zverotic, Bodurov, Burn e Stafylidis; Parker, Christensen, Williams e Ruiz (Eisfeld); Rodallega e McCormack.


Foto: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário