Internacionais Cottagers: o sonho de Gales e George Williams


O País de Gales vive um sonho. Após seguidas campanhas fracassadas em eliminatórias para Copas do Mundo e Eurocopas, os galeses começaram com tudo a campanha que, eles esperam, termine na França em 2016. Longe de competições internacionais desde a Copa de 1958, a equipe está a um jogo de terminar o ano na liderança do grupo B das eliminatórias da Euro. Motivo de muita alegria para o meia-atacante George Williams. Vamos conferir aqui o desempenho dele e dos demais cottagers nestes últimos dias de data FIFA de outubro.

O jovem Cottager esteve em campo por 58 minutos na sofrida vitória por 2 a 1 sobre o Chipre, em Cardiff, que garantiu a liderança isolada do grupo B, com sete pontos. Em novembro, os galeses viajam à Bélgica e, com um empate, aliado a um tropeço de Israel contra a Bósnia, fará o time encerrar o ano no primeiro lugar.

Williams foi só elogios no Twitter
Os últimos dias de data FIFA neste mês foram verdadeiramente ruins para a Grécia. Os helênicos não conseguiram nenhuma vitória ainda nas eliminatórias para a Eurocopa de 2016 e, nesta terça, perderam um confronto direto, em casa, ante a Irlanda do Norte. Nem a presença de Kostas Mitroglou e Kostas Stafylidis ajudou.

Mitroglou, que foi decisivo para a Grécia alcançar a vaga na última Copa na repescagem com a Romênia, passou em branco mais uma vez. Stafylidis entrou em campo ainda na primeira metade de jogo, substituindo o lesionado Vyntra na lateral. Porém, pela segunda vez, quem fez a festa em Piraeus foi o time visitante: a Irlanda do Norte contou com gols no começo dos dois tempos e venceu por 2 a 0, mantendo a campanha com 100% de aproveitamento e se isolando ainda mais na liderança do grupo F.

Com apenas um ponto, à frente apenas da lanterna Ilhas Faroe, a Grécia começa a ligar o sinal de alerta. Em novembro, os gregos encaram justamente a última colocada, novamente em casa, com a obrigação de vencer.

As Ilhas Faroe, nesta terça, foram derrotadas pela Hungria (1 a 0). Apesar da titularidade no fim de semana, desta vez o goleiro Gabor Kiraly ficou no banco de Dénes Dibusz, 15 anos mais jovem. Foi a primeira vitória dos húngaros nas eliminatórias, o que os deixou na quarta posição, com quatro pontos.

Bodurov (5) se redimiu do gol contra na semana passada
No grupo H, Nikolay Bodurov se redimiu, mas a Bulgária não tem muitos motivos para sorrir. O zagueiro marcou o gol da equipe contra a Noruega, em Oslo, mas, no segundo tempo, os noruegueses lograram a vitória por 2 a 1 e deixaram os búlgaros no quarto lugar, com dois revezes seguidos. Na semana passada, Bodurov havia feito o gol contra que definira a derrota contra a Croácia.

Seguimos falando das eliminatórias para a Euro, mas desta vez na categoria sub-21. Foram definidos os sete países que integrarão a fase de grupos ao lado da anfitriã República Tcheca, ano que vem. Dos três cottagers convocados, apenas um jogou: o meia Lasse Christensen ajudou a Dinamarca a obter uma classificação emocionante. O dois gols empate por 1 a 1 com a Islândia, em Reykjavík, vieram nos acréscimos, e ajudaram os dinamarqueses a passar.

O atacante Cauley Woodrow assistiu do banco à mais uma vitória da Inglaterra sobre a Croácia por 2 a 1, desta vez na casa do adversário. Já outro atacante, Marcello Trotta, também não entrou em campo na vitória da Itália sobre a Eslováquia por 3 a 1, que assegurou a Azzurra na fase de grupos.

Na Copa da Ásia sub-19, Cameron Burgess e a Austrália deram adeus precocemente ao torneio disputado em Myanmar. O zagueiro foi titular no empate dos jovens Socceroos contra o Uzbequistão em 1 a 1, mas a goleada dos Emirados Árabes sobre Cingapura por 4 a 1 classificou o time árabe, ao lado dos uzbeques, para as quartas-de-final. A Austrália acabou em terceiro no grupo B, com cinco pontos - o saldo de gols eliminou a equipe.


Ruiz (C) deu dois passes para gol em Seoul
Na rodada de amistosos, destaque para o meia-atacante Bryan Ruiz. O capitão da Costa Rica deu duas assistências na boa vitória de 3 a 1 sobre a Coreia do Sul, em Seoul. Em Brasília, o meia Emerson Hyndman participou de 61 minutos da derrota do time sub-23 dos Estados Unidos para a seleção sub-21 do Brasil (3 a 0). Entre equipes sub-19, o goleiro Marek Rodák ajudou a Eslováquia a ter uma duas vitórias sobre Israel, por 2 a 0 e 3 a 0.

Também no sub-19, mas nas eliminatórias da Eurocopa, o atacante Moussa Dembele passou em branco e a França não furou o bloqueio da Bósnia: 0 a 0. Os Bleus, porém, estão classificados para a próxima etapa da fase de qualificação. Já Patrick Roberts marcou mais uma vez e iniciou a vitória da Inglaterra sobre a Bélgica por 4 a 2, que assegurou os ingleses na próxima fase. Roberts finalizou a data FIFA com quatro gols em três jogos.

Nas eliminatórias para a Copa da África, Angola enfim venceu. Na quarta rodada do grupo C, os angolanos fizeram 4 a 0 sobre Lesoto. O zagueiro Jonathan Buatu esteve entre os convocados. Angola chegou a quatro pontos, na terceira posição da chave - faltam duas rodadas e somente os dois primeiros avançam à fase de grupos do torneio, ano que vem, no Marrocos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário