Como nos tempos de Magath...


Kit Symons achou um time ideal para o Fulham, mas nesta terça, contra o Derby County, pelas oitavas-de-final da Copa da Liga, o técnico resolveu mudar tudo. Foram oito trocas em relação ao time que atropelara o Charlton. Um expediente muito visto na época de Felix Magath, que jamais repetiu a escalação do time de um jogo para outro. O resultado, infelizmente, também lembrou o antigo manager: o Derby venceu por 5 a 2, após levar 2 a 0, e eliminou os Cottagers do torneio.

A principal novidade de Symons foi o zagueiro Stephen Arthurworrey, de apenas 19 anos, que estreou nos profissionais. Além disso, a aposta bela base ficou evidente ao vermos que seis dos 11 atletas já passaram pelo Fulham Academy.

Dembele marcou seus dois primeiros gols como profissional no time
O começo de jogo foi animador. Aos 11 minutos, Moussa Dembele, tendo chance como titular com Symons pela primeira vez, quase marcou, mas o goleiro Ross mostrou agilidade em chute rasteiro. Aos 26, saiu o gol do francês. Forsyth recuou mal, Dembele se antecipou, dominou, driblou Ross e marcou 1 a 0.

Dez minutos mais tarde, duas ótimas chances pros Rams. Na primeira, Russell recebeu e finalizou de primeira, com a bola passando rente à trave de Gabor Kiraly - outra das oito novidades da escalação inicial. Na sequência, o veterano húngaro defendeu à queima-roupa em nova chance de Russell.

O Fulham respondeu com gol. E, de novo, com Dembele. De novo, em entregada da zaga adversária: Roos cobrou tiro de meta para Buxton, que bobeou e perdeu para o capitão Bryan Ruiz. O camisa 10 serviu Dembele, que cumprimentou: 2 a 0. Porém, no último lance do primeiro tempo, Tim Hoogland colocou a mão na bola dentro da área. Pênalti que Martin converteu, 2 a 1. Gol que seria apenas o primeiro de uma incrível reação.


Derby massacrou em questão de 20 minutos na etapa final

Aos dois minutos do segundo tempo, veio o empate. Dawkins foi à linha de fundo pela esquerda, Hoogland não marcou, Arthurworrey não afastou e Russell chegou batendo pra igualar. Aos sete, a virada, com o Fulham ainda grogue: Dawkins escapou pela esquerda de novo, cortou Hoogland e mandou um chutaço no ângulo de Kiraly, 3 a 2.

Grogue. Ótima definição para o estado dos Cottagers nos primeiros minutos da etapa final. Aos 16, o Derby marcou mais um. De novo Hoogland deu mole e não parou Forsyth, que cruzou para Hendrick anotar o quarto. Três minutos mais tarde, adivinhem. Gol do Derby, e de novo com Dawkins fazendo um golaço. Em cruzamento de Russell, ele finalizou de letra e fez 5 a 2. Para sorte do Fulham, os Rams pararam por aí, mesmo com seguidos erros da defesa londrina.

Tentando esquecer o fato de ter levado dez gols em dois jogos contra o Derby nesta temporada, os Cottagers voltam suas atenções à Championship, principal objetivo do clube. No sábado, há confronto direto contra o rebaixamento, ante o Wigan, fora de casa. E que a defesa esteja numa noite mais feliz do que esteve na Copa da Liga.

Fulham: Kiraly; Hoogland, Hutchinson, Arthurworrey e Kavanagh; Zverotic, Hyndman, Roberts (McCormack) e G. Williams (David); Ruiz (Eisfeld) e Dembele.
Derby County: Roos; Christie, Keogh, Buxton e Forsyth; Hendrick, Mascarell (Coutts), Bryson (Hughes) e Rusell; Dawkins (Ibe) e Martin.



Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário