Magath: "Estou desapontado e surpreso"


Felix Magath foi sucinto em suas primeiras palavras como ex-técnico do Fulham. Após o anúncio de sua demissão, depois da derrota na casa do Nottingham Forest, o alemão declarou-se desapontado e surpreso pela decisão tomada pelo proprietário do clube londrino, Shahid Khan.

Em um comunicado divulgado pela agência de notícias DPA, da Alemanha, Magath afirmou: "Estou desapontado e surpreso, porque eu tenho certeza que teria evitado a queda do clube com mudanças drásticas no elenco para uma equipe jovem, embora os primeiros resultados da temporada não demonstrem isso".

Magath deixou o Fulham após sete meses de trabalho. O técnico não conseguiu tirar o time da zona de rebaixamento na Premier League e, após sete rodadas na Championship, viu-se na lanterna da competição, ainda sem vitórias. Neste período à frente da equipe, os resultados apontam um pífio aproveitamento de 20% dos pontos disputados.

Na gestão de Shahid Khan, o Fulham irá para o quarto técnico. O paquistanês chegou ao comando do clube com Martin Jol como técnico. Após 31% de aproveitamento e um péssimo primeiro turno em 2013/14, houve a substituição por Rene Meulensteen. O também holandês foi o que menos durou: apenas dois meses, ou 17 jogos. Com quatro vitórias neste período, foi sacado para a chegada de Magath.

Danny Murphy - O site inglês Get West London apresenta, na tarde de hoje, uma enquete sobre quem deverá ser o novo técnico dos Cottagers. Danny Murphy, histórico meia da equipe, lidera os números com 42%. A seguir aparecem Tony Pulis, Chris Hughton e Alan Pardew.

Murphy, 37 anos, atualmente é comentarista na TV BBC, em Londres. E se mostrou lisonjeado com a hipótese de iniciar uma carreira como treinador no seu penúltimo clube da carreira como atleta. ""Eu sempre disse que gostaria de voltar ao Fulham em algum momento. Tenho uma grande afinidade com o clube. Não falei com ninguém no clube sobre ir agora. Não é algo que estou esperando, mas se quiserem falar comigo, tenho a mente aberta pra isso".

O ex-meia comentou ainda que pensa em ser técnico, mas que acredita que a diretoria dos Cottagers deva escolher alguém mais experiente. "Minha prioridade e meu desejo é ver o clube fora das últimas posições da Championship", finalizou.


Symons será o técnico interino

Kit Symons - O técnico contra o Blackburn será um velho conhecido dos fãs. Symons vem trabalhando como treinador na equipe sub-21, além de ser o auxiliar de Chris Coleman na seleção de Gales. O ex-defensor fez 102 jogos pelos Whites entre 1998 e 2001, quando foi titular no time que obteve o acesso à Premier League.

Nenhum comentário:

Postar um comentário