Confira entrevista com Kiraly ao Sport1


Na semana passada, Gabor Kiraly foi oficializado como novo goleiro do Fulham. O veterano de 38 anos passou cinco no 1860 Munchen, de onde saiu para jogar em seu quinto clube inglês na longa carreira. Kiraly foi entrevistado pelo site alemão Sport1 e nós oferecemos a vocês um resumo das respostas do novo camisa 1 dos Cottagers - que ficou no banco sábado passado, contra o Cardiff.

Sport1: Depois de cinco anos você deixa a Alemanha. Como se sente com a transferência para o Fulham?
Kiraly: Estou muito feliz. Estou contente que o 1860 (Munchen) me liberou. Com 38 anos, obter um contrato na Inglaterra não é fácil. Eu consegui. O Fulham será meu quinto clube no país. É um grande desafio.

Kagelmacher e Kiraly: goleiro foi expulso

Sport1: Como foi o contato com o Fulham?
Kiraly: O Fulham iniciou as tratativas há duas semanas e os clubes começaram a negociar. Não houve dificuldade em aceitar a proposta, até por causa da minha ação estúpida com meu colega (aqui um parênteses: Kiraly e o companheiro de time, o defensor Gary Kagelmacher, discutiram após um gol sofrido pelo time recentemente e o goleiro puxou os cabelos do zagueiro, sendo expulso pelo árbitro). Fui relegado a treinar com o time B, algo muito decepcionante para mim. Com o interesse do Fulham, eu me animei novamente.

Sport1: Você encontrará no Fulham o técnico Felix Magath. Não tem medo de seu sistema duro de treinamento?
Kiraly: Sou goleiro e, portanto, ficarei um tanto mais afastado. Todo mundo conhece o estilo de Magath e estou ansioso por isso. Ele é um grande treinador. Nunca trabalhei com ele, mas não estou muito preocupado. Vou trabalhar mais com meu treinador de goleiros.

Sport1: Você escreveu em seu contrato que poderá jogar com suas calças cinzas na Inglaterra?
Kiraly: Não escrevi puramente em meu contrato que podia jogar sem chuteiras ou sem luvas de goleiro. As calças cinzas são parte de minha coleção. Quem traz Gabor Kiraly, traz as calças cinzas (risos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário