Mais uma carta de Felix Magath


O Fulham divulgou hoje, em seu site oficial, uma segunda carta aberta do técnico Felix Magath aos torcedores. No texto, o alemão destaca o novo projeto de trabalho no clube, com ênfase nos jogadores mais novos e ressalta que o time precisará de todo o apoio dos fãs para concretizar o objetivo de voltar à elite. Abaixo o texto completo:

Sempre foi minha filosofia interagir com os fãs, e acredito que seja uma parte importante do meu trabalho como manager, para mantê-los bem informado sobre o que está acontecendo no clube.

Eu gostaria de deixar um fato muito claro: fizemos muitas novas contratações no verão, dez jogadores chegaram e seis foram promovidos da Academia (categorias de base). Estas novas aquisições foram gratuitas, exceto Ross McCormack, mas para o artilheiro da última temporada, era um gasto inevitável. Ao contrário do que acreditam, não temos grandes condições de gastar, mas temos investido sabiamente. A razão pela liberação de tantos jogadores foi que senti que o time estava muito envelhecido, e precisávamos urgentemente de jogadores mais jovens, mais famintos e mais ambiciosos.

Sinto que nós não devemos ter medo da mudança e que é preciso olhar para a frente com uma equipe muito mais jovem. Eu gostaria de salientar que nosso objetivo é desenvolver uma equipe que não só pode ter um bom desempenho e alcançar nosso objetivo na Championship, mas pode ainda se transformar em uma equipe forte na Premier League, com um futuro promissor. É importante que os fãs entendam o que estamos tentando fazer, acredito fortemente que estamos indo na direção certa e vamos desenvolver uma equipe que joga um bom futebol.

Ouvi na temporada passada muitas queixas em relação à idade da equipe e a falta de oportunidades aos nossos atletas mais jovens. Tendo isso em mente, meu objetivo é encontrar uma mistura de juventude e experiência, com ênfase em jogadores mais jovens. Na semana passada, em Ipswich, tivemos apenas um revés temporário, mas o desempenho foi muito encorajador e os meus jogadores saíram de campo com o espírito positivo. Dez dos nossos 11 titulares tinham como idade máxima 23 anos, e terminamos o jogo com uma média de 21 anos. Estamos no início deste novo projeto, mas posso dizer honestamente que estou muito feliz com o time e estou convencido de que os meus jogadores vão se tornar em um grupo muito forte.

Esta equipe exige que vocês, nossos torcedores, tenham paciência, apoiem e compreendam quanto ao que estamos tentando construir no futuro do clube. Meu trabalho como manager é trazer a vocês uma equipe que possam se orgulhar e se animar. Estamos todos juntos nisso, por favor mostrem confiança e fé em nós.

Tudo de bom!

Felix

Foto: Eatsleepsport