Invenções, apatia e derrota na estreia


Se Felix Magath havia previsto muitas dificuldades ao longo do caminho do Fulham na Championship, a estreia do time na segundona inglesa provou que o técnico estava certo. Mas muitas das dificuldades vieram, justamente, por uma escalação diferente daquilo que vinha sendo testado nos amistosos. Assim, os Cottagers levaram 2 a 1 do Ipswich e tiveram uma estreia ruim.

A escalação foi cheia de desfalques. Bryan Ruiz, Alex Kacaniklic, Kostas Mitroglou, Kay Voser e Adam Taggart sequer no banco ficaram. Hugo Rodallega ficou na reserva - outra estrela do elenco, o goleiro Maarten Stekelenburg, foi confirmado por empréstimo no Monaco. No meio-campo, as novidades: o zagueiro Cameron Burgess foi improvisado como volante, enquanto Scott Parker fazia as vezes de meia ao lado de Emerson Hyndman. Não funcionou, como podia-se prever.

Os Whites mal ameaçaram no primeiro tempo. A única chegada veio num erro do goleiro Gerken: Chris David bateu, o goleiro deu rebote e Moussa Dembele chutou em cima do arqueiro dos mandantes. Afora isso, só o Ipswich arriscou. E foi premiado aos 31 minutos: Parker errou na saída de bola e pegou a defesa desguarnecida. Murphy venceu o jovem Shaun Hutchinson na corrida e tocou na saída de Jesse Joronen, 1 a 0.

Hoogland descontou, mas era tarde
Sem ninguém para acionar o ataque, Ross McCormack, que era dúvida, mas foi titular, e Dembele "morreram de fome". Tentando solucionar isso, Magath colocou Thomas Eisfeld em campo. Porém, o começo da etapa final foi, de novo, ruim. Aos 15, Hutchinson perdeu dividida na linha de fundo e a bola chegou em McGoldrick, que chutou de primeira e ampliou o marcador.

Parker, escalado quase como meia, pouco rendeu
A solução de Magath foi botar Patrick Roberts em campo. Aliado ao fato de que o time local se fechou na defesa, deu certo. O jovem meia fez o ataque, enfim, funcionar. Pena que tardiamente: ele tabelou com Tim Hoogland, que driblou o zagueiro e chutou fraco; a bola desviou em Smith e enganou o goleiro. Era o gol de honra aos 40 minutos. O Fulham cresceu, teve duas chances de igualar, mas acabou punido pela apatia durante grande parte do confronto.

A derrota de 2 a 1 significou, na prática, o quinto jogo seguido de liga nacional sem vitória pros londrinos. O último triunfo veio em abril, sobre o Norwich, que também foi rebaixado. No próximo sábado, os Whites recebem o Millwall, no Craven Cottage.

Ipswich: Gerken; Chambers, Berra, Smith e Mings; Hyam (Bru), Skuse (Wordsworth), Hewitt e Tabb; Bajner (McGoldrick) e Murphy.
Fulham: Joronen; Hoogland, Hutchinson (Roberts), Bodurov e Stafylidis; Burgess, Parker, David (Eisfeld) e Hyndman; McCormack (Woodrow) e Dembele.

Confira aqui os melhores momentos do jogo, direto do site da ESPN.



Fotos: Fulham FC